Livros que Eu Acho que Seriam uma Ótima Escolha para Clubes do Livro

Meme criado pelo blog The Broke and the Bookish, conhecido como Top Ten Tuesday, em que toda terça-feira existe um tema e dez livros escolhidos! Espero que vocês gostem!





9. A Estrela mais Brilhante do Céu
Quem não leu não deve ter entendido o motivo, afinal ele não parece ser um livro de clube do livro. A  sinopse não entrega nada e o livro parece ser meloso. MAS fico imaginando como seria o clube com esse livro: todo mundo querendo falar sobre o narrador misterioso e o enredo genial que quase ninguém desconfiou! E AQUELE FINAL!!!!
Oh, seria tão legal!


8. Amanhecer
Ou você ama ou você odeia esse livro. E eu acho que clubes do livro foram feitos para discutir livros, dividir e ouvir opiniões, mesmo que você não concorde com elas. Quer livro mais causador de discórdia do que esse?


7. As Vantagens de Ser Invisível
O jeito que esse livro foi escrito — em cartas de um menino chamado Charlie para um remetente desconhecido — já dá aquela vontade de comentar com alguém sobre como esse foi artifício interessante. Um livro que a princípio parece ser sobre um menino que tinha poucos amigos, mas que no final se torna em um livro ma-ra-vi-lho-so, um dos melhores da literatura jovem!


6. Last Sacrifice (VA #6)
Vocês já viram como é só mencionar Vampire Academy no Twitter que parece acionar um alarme e todo mundo entra na conversa para dar um palpite? Afinal, são seis livros e uma série épica!!! Seja pra falar mal ou pra falar bem, essa série sempre tem assunto pra várias horas de discussão!


5. Cidade de Vidro
Como esse livro era para ser o último de uma suposta trilogia, ele tem muito conteúdo e muitas revelações que gerariam horas de conversa! Como aquela revelação do primeiro livro, ou aquele evento no segundo que foi totalmente importante no terceiro, ou aquela fala do Jace no primeiro que muda uma cena inteira no terceiro de uma forma que poucos perceberam.* Eu adoraria um clube do livro com esse livro, iria falar mais do o homem da cobra!



4. Across the Universe 
Um livro que se passa no espaço, a milhares de anos no futuro, em que os humanos foram incubados e dormirão até que a nave chegue até em um planeta desconhecido, mas uma menina é acordada antes da hora e descobre que sua nave é uma cheia de segredos e que o sonho de um futuro prometido está longe de se tornar realidade? POR FAVOR. Não preciso nem comentar. (Oh, posso só comentar daquelas últimas cem páginas? Daquelas reviravoltas, uma atrás de outra?)


3. Paper Towns
Quando o enredo de um livro é bom, todo mundo quer conversar sobre aquela reviravolta, ou aquela descoberta e até mesmo — ohhhh!!! — aquele final genial! Confie nos livros do John Green para terem um enredo maravilhoso e como esse é meu favorito, adoraria discuti-lo em um clube!



2. A Esperança (Jogos Vorazes #3)
Como organizadora de um clube do livro, fico imaginando o quanto a discussão desse livro renderia: todo mundo iria querer dar uma opinião, discutir os jogos e o que eles significam, os personagens e o enredo! E TODOS OS ACONTECIMENTOS!!! Nada melhor do que um livro polêmico num clube!



1. The Basic Eight
Sabe o que foi que eu fiz assim que terminei o livro? Fui no Twitter discuti-lo com uma amiga. E sabe o que isso significa? Que ele daria um ótimo livro para clubes! QUERO DIZER, e aquela reviravolta no final? COMO ASSIM? O QUE ELA SIGNIFICA? HEIN? *arranca os cabelos*
Definitivamente um ótimo gerador-de-discussão.

*Quem quiser discutir essa cena me fale nos comentários!

30 comentários

Bookshelf Tour (tour pela estante) #2

O tão pedido bookshelf tour pela minha estante — finalmente, diga-se de passagem! Espero que vocês gostem!



Só para comparar: minha estante em Março 2010


Janeiro de 2012. O que dois anos não fazem na vida de uma bookaholic! :P



23 comentários

Quinta em Outra Língua: Looking for Alibrandi

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

Resenha:
Josephine Alibrandi nunca se encaixou na escola: sendo descendente de italianos e com a grande influência de sua Nona, Josephine sente que nunca está na mesma página que suas amigas australianas, apesar de ela ser uma. Sua avó com seus valores de outra geração, vive brigando com ela e com a mãe de Josephine, Cristina, que a teve muito nova, com apenas 17 anos.

Nunca conheceu seu pai, mas isso nunca a incomodou — muito. Até que ele volta para sua vida.

Se não bastasse esses problemas familiares, Josephine tem que lidar com dois meninos — um que vive cruzando seu caminho e outro que não sai de sua cabeça. Cada um mais diferente entre eles e entre ela, cada um de um mudo diferente. É assim que o último ano do ensino médio de Josephine procede: ela tentando se libertar de regras que nunca acreditou, tentando solucionar problemas que nunca foram seus e achar um lugar para ela mesma em sua vida. É um ano de descobrir segredos há tempos enterrados, de se apaixonar, de se decepcionar e de perdoar. É o ano que ela finalmente se torna ela mesma.

Os conflitos familiares, marca regristada da Melina Marchetta, estão presentes. Todos os YAs dela a família é uma das grandes partes do enredo. Looking for Alibrandi não é tão forte, nem tão desolador e emocionante quanto Jellicoe Road e The Piper's Son, mas eu gostei tanto desse livro que até me surpreende. A Josephine tem um pouco de cada adolescente, de cada insegurança e medo e esperança e ânsia de arriscar , mas ao mesmo tempo medo de errar. "I just don't trust people who have bodies that change with their moods." Ela é divertida, inteligente e uma personagem tão fácil de se apegar. Se tem uma coisa que eu queria que fosse diferente é o final, pelo menos uma parte dele.

Eu sou uma grande fã da Melina Marchetta. Daquela que tem todos os livros, já releu várias e várias vezes. Então a diferença na narrativa, aquele *que* que fez com os livros dela fossem tão aclamados não está tão presente neste livro, o que é normal, afinal, ela foi evoluindo durante os anos. Muitas resenhas alegam que esse livro é o mais fraco da Melina, mas eu tenho que discordar: eu adorei!!! Looking for Alibrandi é uma leitura muito mais leve, divertida e engraçada do que os outros, mas isso não o torna ruim. Enquanto Taylor, de Jellicoe Road, passou por situações que eu não posso nem começar a entender, eu me identifiquei bastante com Josephine, assim como aconteceu com Franscesca, de Saving Francesca. Se eu recomendo esse livro? OH, SIM. Eu o recomendo mil vezes.*


4.5/5
Skoob: adicione.
Nível de inglês: fácil


* Quem leu The Piper's Son já entendeu!

8 comentários

Resenha: Amanhã Você Vai Entender

Resenha:
Antes de mais nada, eu só queria dizer que adorei o trabalho feito com este livro: desde tradução, diagramação até capa (que é linda), tudo ficou muito bom! Eu sempre tenho medo de ler algumas traduções, mas a editora Intrínseca é uma daquelas de que não é preciso ter receio.

Miranda Sinclair tem apenas 12 anos e precisa desvendar um mistério que começou quando o seu melhor amigo, Sal, apanhou sem um motivo aparente. Sal mora no andar de baixo que Miranda e desde esse incidente, não fala mais com ela. Um estranho pode ter invadido sua casa e ela passa a receber bilhetes anônimos, com as mensagens mais estranhas — mensagens que alegam ser uma ajuda a Miranda na hora em que ela precisar salvar alguém, mesmo que ela não tenha a menor de ideia de quem seja o autor nem a pessoa que corre riscos. O mais estranho é que o autor parece saber detalhes de sua vida. Tudo isso enquanto ela tem que ajudar sua mãe a treinar para um programa chamado "A Pirâmide de Vinte Mil Dólares" junto com Richard, namorado de sua mãe.

Quando eu li a sinopse do livro, não me interessei muito, provavelmente como você vai ler esta resenha e não se interessar pelo livro, porque se eu contar um pouquinho além disso, seria spoiler. Mas eu amei o livro!!! Não costumo ler muitos livros com personagens mais novas e só agora percebo o quanto eu estou perdendo: Miranda é uma personagem tão cativante e bem desenvolvida que o fato de ela ser mais nova muitas vezes era esquecido. "(...) bufei. Ou pelo menos tentei bufar. Não sei bem como é, embora as pessoas nos livros façam isso o tempo todo."

O enredo deste livro, no entanto, é o ponto alto. É inteligente e instigante e tão bem planejado que não tem como não virar as páginas para tentar descobrir o mistério por trás dos bilhetes. NUNCA teria eu pensado ou adivinhado sobre o que se tratava o enredo e eu acho que é uma das melhores coisas ler um livro sem saber o que vai acontecer na próxima página. Li tão rápido que quando terminei voltei pra reler minhas passagens favoritas.

O título é genial, e como a própria sinopse diz: "(...) o tempo é ardiloso: guarda hoje momentos que só amanhã você vai entender." Leitura mais do que recomendada!

5/5

Skoob: adicione.
Compre: {Saraiva} {Fnac}

18 comentários

Quinta em Outra Língua: Comprando livros em inlgês - onde, como e o que

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

Muitas pessoas me perguntam onde eu compro livros em inglês, como funciona os sites de venda e outras perguntas relacionadas ao frete, imposto, tempo de entrega, etc. Por isso decidi fazer um post explicando! Se alguém tiver OUTRA dúvida, fique à vontade para me perguntar!


Caso você não possua um cartão internacional, os sites Livraria Cultura, Saraiva e Fnac vendem livros em inglês também! Inclusive, a Livraria Cultura e a Saraiva possibilitam a importação de certos títulos, ou seja, caso eles não tenham um livro no estoque, é possível comprá-lo. O período de espera costuma ser de 5/6 semanas. Aproveite!

É necessário ter um cartão internacional!

ONDE: Amazon, Book Depository (BD) e Better World Books (BWB).

COMO: Em todos os sites é preciso ter um cadastro para comprar. São dados básicos como nome e endereço. Sobre o endereço: SEMPRE coloque tudo em português, de preferência sem acentos. Dica: ZIP Code é CEP; quando for escrever o nome da rua, escreva o jeito que usamos normalmente, por exemplo: Nove de Julho, 981. Não precisa trocar a ordem.


1. Amazon: Escolha o livro desejado, clique em "Add do cart". Escolhido todos os livros, clique em "Cart"(carrinho) e depois "View Cart" no canto superior direito da tela. Uma página com todos os seus livros escolhidos vai aparecer: confira as unidades e os livros e clique em "Proceed to Checkout" no lado direito da tela. Se você não tiver feito o cadastro, essa é a hora de fazer um. Se já tiver, é só colocar o email e senha. Você vai ser redirecionado para uma página em que você vai conferir a compra e, do lado direito, vai aparecer um resumo da compra com o preço do frete. Não é possível ver o frete antes desse momento. Existe três tipos de frete, cada um mais rápido que o outro e mais caro (sempre escolho "Standard International Shipping"). Neste momento, você escolhe a forma de pagamento. Coloque os dados do cartão (na próxima compra, os dados do cartão já estarão salvos e não será preciso completar novamente). Se tudo estiver certo, clique em "Place your order".


2. Book Depository: FRETE GRÁTIS. Escolha o livro desejado, clique em "Add to basket". Escolhido todos os livros, clique em "Go to basket/ checkout" no canto superior direito da tela. Uma página com todos os livros que estão no seu carrinho vai aparecer: confiras as unidades e os livros e clique novamente em "checkout". Se você não tiver feito o cadastro, essa é a hora de fazer um. Se já tiver, é só colocar o email e senha. Como na Amazon, após a primeira compra seus dados (endereço e cartão) ficam salvos, então não será preciso preencher tudo novamente, a não ser que queria trocar o endereço ou o cartão usado. Depois de tudo feito, clique em "Place your order".

OBS.: O prazo dado pelo BD é de 15 dias, mas é MUITO difícil que os livros cheguem nesse período. Muita gente me pergunta, preocupada, se não está demorando muito, com medo de não chegar. O BD é muito atencioso nesse quesito, se tiver passado mais de um mês, mande um email para eles! Normalmente, eles pedem que você espere mais duas semanas; se não tiver chegado, mande outro email que eles *sempre* enviam outro exemplar sem custos. Eu só mando email depois de 5/6 semanas, porque sempre demorara para entregar em casa. Depende muito de onde você mora.


3. Better World Books: FRETE GRÁTIS. Escolha o livro desejado e clique em "Add to cart". Escolhido todos os livros, clique em "Cart" no canto superior direito da tela. Uma página com todos os livros que estão no seu carrinho vai aparecer: confira as unidades e os livros e clique novamente em "Proceed to checkout". Se você não tiver feito o cadastro, essa é a hora de fazer um. Se já tiver, clique em "Log In" — coloque o email e senha. Confirme os dados pessoais e clique em "Proceed to billing" embaixo. Lá você vai preencher os dados do cartão de crédito e pode escolher mandar para um endereço diferente daquele do "billing" que é o de cobrança. Por exemplo, em amigos secretos virtuais, esse seria o momento que você coloca outro endereço, mas se o endereço de billing, aquele primeiro que você preencheu, for o mesmo que o "shipping address"(que significa o endereço em que os livros vão ser mandados), não preencha novamente. Os dados do cartão não são salvos no BWB, apenas endereço. Depois de tudo confirmado, clique em "Make Payment".

OBS.: Este site é famoso por vender livros usados, que são mais baratos. As melhores condições para comprar livro usado são as "used good" e "used very good", que na minha opinião vale muito a pena. Dá pra comprar mais, gastando menos.

Perguntas Frequentes:

1. Eu pago imposto quando compro livros nesses sites? Não.
2. Tem certeza? Sim, não é cobrado imposto sobre livros.
3. Qual a diferença entre hardcover e hardback? Normalmente, essas palavras são sinônimos, ou seja, é um livro de capa dura que a capa (jacket) é removível. MAS se você quiser mesmo ter certeza, compare o IBSN do livro definido como hardback e o definido como hardcover. Se for igual, é o mesmo livro. (SE você quiser ver a imagem do livro para se certificar, vá no site da Amazon, coloque o ISBN do livro no lugar em que você digitaria o nome e veja qual foi o resultado).
4. O que é um paperback? É um livro mais barato com capa mole, veja foto aqui.
5. Qual você prefere: hardcover ou paperback? Se tiver as duas opções, paperback.
6. Em qual dessas lojas você costuma comprar mais? Book Depository.
7. Por quê? Acho que já me acostumei a comprar lá, nunca tive problemas.
8. Que dica você dá para quem quer começar a ler em inglês? Fiz um post com cinco dicas aqui.

O QUÊ: Vou dar algumas indicações para quem está começando a ler em inglês e não quer livros com um vocabulário muito rebuscado — mas que nem por isso deixam de ser livros bons. :)




Dicas para quem quer
começar a ler em inglês.
Lista com livros em inglês de
nível fácil que recomendo.








*

Qualquer outra dúvida, me pergunte nos comentários, no formspring ou pelo twitter!

41 comentários

Resenha: Sociedade Secreta - Ritos da Primavera

Esta resenha não contém spoiler, no entanto, este é o terceiro volume de uma série. Leia a resenha do primeiro e do segundo se se interessar pela série.

"Estou começando a achar que meu nome é Pijama."*

Resenha:
Amy Haskel estuda em Eli, uma das universidades mais famosas dos EUA, e faz parte do clube C177 da sociedade secreta Rosa & Túmulo, aquela que teve como participantes só pessoas MUITO famosas e/ou MUITO inteligentes, como presidentes, cientistas, autores...

E, ah, ela é uma das primeiras Coveiras, já que a sociedade nunca aceitou mulheres.

Pelo clube dela ser um bem diferente, Amy já se meteu em várias confusões, mas nada como a que ela está enfrentando agora: após um plano meio fracassado de invadir a sociedade rival, Cabeça de Dragão, Amy é vítima de trote atrás de trote, e ela se pergunta por que só ela, afinal TODOS seus irmãos e irmãs de sociedade participaram da invasão, inclusive um certo patriarca....

Se não bastasse isso, Amy está tendo problemas em sua vida romântica (que novidade!). Mas os problemas de verdade começam quando o Spring Break chega. Alguns Coveiros e Patriarcas vão passar esse feriado prolongado em uma ilha particular (!!!) da sociedade na Flórida.

O que era para ser uma semana de descanso e diversão para Amy, se torna rapidamente mais um episódio de conspiração e ameaças de rivais da sociedade. E Amy, mais uma vez, se vê no meio de tudo.

Como eu AMO essa série! E este livro é o meu favorito dela (por enquanto, porque ainda tenho que ler o quarto, lançado no segundo semestre de 2012!). Mas eu não consigo nem começar a descrever o quanto essa história é um conjunto daquilo que a gente mais gosta em um livro: diáologos inteligentes, narrativa cativante e viciante, personagens mais do que envolventes, cenas divertidas e romance (!!!!!!!!) realista, que em momento algum deixa de ser fofo (ou caliente, me sinto na obrigação de dizer)!

Amy é uma das minhas personagens favoritas, ela não tem nada daquilo que faz algumas serem tão cansativas. Claro, ela comete erros, ela não é nem de longe perfeita, mas o leitor se simpatiza com ela e até mesmo se identifica. Os personagens, em geral, são todos cativantes, daquele caso que se eles ficam muito tempo sem aparecer na narrativa, você começa a sentir falta.

E... Poe. (Não é uma resenha minha se não tiver fangirl em algum momento, né? Aguentem só um pouquinho, vale a pena!) Se tem alguém que cresceu e roubou a cena desde o primeiro livro, é ele — definitivamente. E nesse livro então.. Poe nunca apareceu tanto!!!!!! Com aquele jeito sempre sarcástico, estranho e um tanto quanto frio, Poe conquista o leitor aos poucos, ao ponto de que eu não consigo ler seu nome sem dar um mini-suspiro! (Oh, quem eu quero enganar?! Ele entrou pro roll de melhores personagens masculinos! Obrigada, Diana Peterfreund, obrigada.)

Esse é aquele tipo de livro que não tem erro, diversão garantida! É uma série tão bem escrita e bem desenvolvida que é uma pena ver como ela pouco popular aqui no Brasil. Se eu recomendo?! Vou comprar o quarto livro em pré-venda!

5/5

Skoob: adicione.
Compre: {Saraiva} {Fnac}


*O leitor do blog só entenderá o quote ao ler este volume da série Rosa & Túmulo. Atenção: alto risco de se apaixonar por ela.


16 comentários

Livros que quero MUITO ler #2

Coluna em que eu mostro os livros que quero MUITO ler. :)


Blood Red Road (Dust Lands #1) — Moira Young 
(Intrínseca - primeiro semestre)

Saba passou sua vida em Silverlake, uma deserto seco devastado constantemente por tempestades de areia. A civilização Wrecker há tempos foi destruída, deixando apenas aterros para Saba e sua família vasculhar. Para ela não tem problema contanto que seu adorado irmão gêmeo Lugh esteja por perto.

Mas quando uma grande tempestade de areia chega, junto com quatro cavaleiros encapotados, o mundo de Saba é fragmentado. Lugh é capturado e Saba embarca em uma épica busca para resgatá-lo.

Repentinamente atirada na realidade feia e sem leis do mundo fora do desolado Silverlake, Saba está perdida sem Lugh para guiá-la. Então talvez o mais surpreendente é o que ela aprende sobre si mesma: ela é uma forte lutadora, uma imbatível sobrevivente e uma astuta oponente. E ela tem o poder para derrubar uma corrupta sociedade. Junto com o bonito audacioso Jack e uma gangue de garotas revolucionárias chamada Free Hawks, Saba encena um confronto que vai mudar o rumo de sua própria civilização.


Why We Broke Up — Daniel Handler
(Cia das Letras - previsto para Março)

Eu estou te contando por que nós terminamos, Ed. Eu estou escrevendo essa carta, a verdade toda do porquê isso aconteceu.

Min Green e Ed Slaterton estão terminando, então Min está escrevendo para Ed uma carta e entregando a ele uma caixa. Dentro da caixa está o porquê eles terminaram. Duas tampas de garrafa, um ingresso de filme, uma nota dobrada, uma caixa de fósforos, um transferidor, livros, um caminhão de brinquedo, um par de brincos feios, uma pente de um quarto de motel e todos os itens recolhidos durante o vertiginoso, íntimo e desolador relacionamento. Item após item é ilustrado e contabilizado, e então a caixa, assim como a namorada, vão levar um fora.


A Resposta — Kathryn Stockett
(Editora Bertrand - esse livro já foi lançado, mas vai ser relançado em Janeiro com uma nova capa)

Eugenia Skeeter Phelan terminou a faculdade e está ansiosa para tornar-se escritora. Após um emprego como colunista do jornal local, ela tem uma ideia brilhante, mas perigosa: escrever um livro em que empregadas domésticas negras relatam o seu relacionamento com patroas brancas do Mississipi na década de 60.

Mesmo com receio de prováveis retaliações, ela consegue a ajuda de Aibeleen, a empregada doméstica que criou 17 crianças brancas, e Minny, que, por não levar desaforo para casa, já esteve por diversas vezes desempregada após bater boca com suas patroas. Uma história emocionante e estarrecedora onde a cor da pele das pessoas determina toda a sua vida.

O filme do livro A Resposta chega aos cinemas em Fevereiro!



23 comentários

Quinta em Outra Língua: Overprotected

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

Resenha:
Ashlyn tem 17 anos, mas tem uma vida bem diferente de suas amigas: vive com um guarda-costas do lado, não pode sair para lugares que seu pai não aprova (ou seja, festas? Sem chance.) e suas amizades são aprovadas pelo seu pai, do contrário, ela não pode nem conversar com uma pessoa. Sem contar o celular de Ash, que é constantemente fiscalizado pelo pai.

Apesar de ela ter uma vida de princesa, Ash não está feliz. Vive tentando escapulir dos olhos de seu guarda costas, até ela finalmente convencer seu pai a demitir Stuart, o guarda-costas que tanto odeia. E quem seu pai contrata em seu lugar?

Ninguém menos, ninguém mais que Colin Brennen, o menino que Ash odeia. Ele tem 22 anos, está na faculdade e quer trabalhar para o FBI. Colin é filho um antigo amigo da família. O leitor não sabe ao certo por que Ash odeia Colin e nem o que levou Charles,  pai dela, a contratá-lo...

Eu tinha grandes expectativas para esse livro, mas ele acabou me decepcionando. É uma leitura despretensiosa e acho que se eu não tivesse esperado tanto, teria aproveitado mais.

O romance é bem previsível e, por alguma razão, eu acho que se eu tivesse lido esse livro quando eu era mais nova teria gostado mais. Tem aquele ar de romance perfeito que você sabe que vai ter um final feliz e, apesar das adversidades e problemas que Ash tem, não foi um romance que me conquistou.

Teve algumas reviravoltas, o que prendeu minha atenção, mas faltou algo para tornar a leitura cativante.  Foi um livro leve e rápido, mas não sei se agradará a todos.

3/5

Skoob: adicione.
Nível de inglês: fácil

10 comentários

Resenha: Trilogia Jogos Vorazes (Jogos Vorazes, Em Chamas, A Esperança)

Resenha SEM spoilers! :)



"Verdadeiro ou falso?"
Resenha:
Esta vai ser uma resenha difícil, em parte porque a trilogia é tão awesome que qualquer palavra que eu use não vai ser o suficiente, e em parte porque essa trilogia é SUPER famosa e praticamente todo mundo já leu e eu fui um dos últimos seres humanos a ler.

Eu sei que não é bem a verdade, mas MUITA gente já leu ou já ouviu falar de como essa leitura é épica. Então, para não entediar ninguém até morte, vou resumir bastante: Jogos Vorazes é uma distopia — houve uma guerra que deixou destruiu os Estados Unidos (não há menção dos outros países) e, após a guerra, o país Panem foi criado. Panem é dividido em 13 Distritos e Capital, a principal cidade. O Distrito 13 foi destruído na única revolução que existiu e desde a revolução, para lembrar aos cidadãos quem tem o poder, foi criado os Jogos Vorazes.

Como ele funciona? É sorteado em cada Distrito um menino e uma meina, de 12 a 18 anos, e eles são enviados a Capital, onde são embelezados até que estejam decentes para se apresentar para a população fútil da Capital. (Caso você não tenha percebido até aqui, a maioria esmagadora dos cidadãos de todos os Distritos é submissiva, vive em sitauções decadentes e trabalha com pouca remuneração.)

No dia da Colheita (dia em que são sorteados os tributos, como são chamados aqueles que vão para os Jogos), Katniss Everdeen tem 16 anos, perdeu o pai numa explosão de uma mina de carvão que ele trabalhava e sustenta sua família caçando ilegalmente na floresta junto com seu melhor amigo, Gale. Gale tem 18 anos e esse é seu último dia de Colheita, sua última chance de ser sorteado. Mas ele não o é, o tributo do Distrito doze é Peeta Malerk, filho do padeiro.

Katniss está mais do que preparada para ser chamada, pois sabe que suas chances são grandes, mas não esperava pelo baque que sentiu ao ouvir o nome de Prim, sua irmã de 12 anos, ser anunciado. Desesperada e temendo pela vida dela, a única pessoa que ela já amou, ela se oferece como tributo. (CENA ÉPICA, ALERTA, CENA ÉPICA.)

É assim que os dois partem para a Capital, experimentam do bom e do melhor, até que são levados a Arena — onde os jogos se passam. São 24 tributos e apenas um poderá ser o vencedor.

Só vou contar até aqui que de enredo, o que é bem pouco levando em conta os três livros.

Eu sabia que os livros seriam bons e não me decepcionei. Li os três em quatro dias porque a leitura é viciante desse jeito. Não tem como você não ficar nervosa, preocupada, desconfortável e esperançosa com tudo que a Katniss e o Peeta enfrentam. Gale, o melhor amiga de Katniss, sempre aparece nos pensamentos de Katniss, e seu papel cresce a partir do segundo livro e se torna crucial no terceiro.

Enquanto Jogos Vorazes é livro muito bom, Em Chamas leva o leitor a outro nível de awesome. E de crueldade. É aquele livro que te faz sofrer e se perguntar "POR QUÊ? POR QUÊ? POR QUÊ?". O final desse livro nos deixa com um gostinho de esperança, daqueles que nos fazem acreditar que o terceiro livro só será sorrisos...

E nós percebemos rapidamente que não, o terceiro livro, A Esperança, é o mais denso e pesado. Já nem sentia mais raiva da Capital, dos Jogos Vorazes e dos poderosos que passam por cima de tudo e de todos para conseguirem o que querem. Estava com tanta raiva que já tinha se tornado angústia. Fiquei tão angustiada com as injustiças cometidas contra a Katniss e o Peeta ao mesmo tempo que um final feliz se tornava cada vez mais distante...

Mas enquanto Suzanne Collins sabe quebrar o coração do leitor, ela também sabe recolocar cada pedacinho no lugar. A Esperança termina com aquela sensação agridoce: mesmo depois de todo o caos que as personagens passaram, mesmo que elas tenham sido marcadas físico e psicologicamente, elas ainda conseguem encontrar, de uma forma ou de outra, uma maneira de seguir em frente — seja se afastando, seja se aproximando, seja perdoando e até mesmo se apaixonando.

Eu adorei a trilogia Jogos Vorazes e pretendo reler em breve! Leitura mais do que recomendada!

5/5

Skoob: adicione.
Compre: {Fnac} {Saraiva}



O filme estreia 23 de Março de 2012. Parece que vai ser bem fiel ao livro! :) 

17 comentários

Resultado: Sorteio Feliz 2012!

Primeira sorteada: Zilda Maria 
Kit 1



Segunda sorteada: Dandra Medeiros!
 Kit 2 

Terceira sorteada: Anaisa Rayane
Kit 3



Me mandem seus dados completos no email: giu.fernandes @ hotmail.com 
PARABÉNS! :)


4 comentários

Expectativas Literárias 2012

Esse meme foi criado pela Nat Puga e foi me passado pela Dayse Dantas do Nem um Pouco Épico. Passo para quem quiser fazer um também! :)




Meta de Leitura: 100 livros! (Li 103 em 2011.)


Primeiro do Ano: Second Helpings, segundo livro da série Jessica Darling. Série suuuper fofa!

Gênero que vou ler mais: (se preparem para uma surpresa...) (... estão preparados?) (Informação bombástica!!!!!) YA! Oooooh. (Eu disse que era bombástica!) E clássicos!

Gênero que vou ler menos: Auto ajuda, não sei lidar com isso..



Lançamento internacional mais aguardado: *abre documento no Word chamado Wishlist* *olha horrorizada para a lista de lançamentos* OMG! São tantos! The Fault in our Stars, City of Lost Souls (TMI #5), The Fine Art of Truth and Dare, SpellBound (Hex Hall #3), Graffiti Moon, Second Chance Summer, In Honor, Under the Never Sky e Breaking Beautiful — só lançamentos do primeiro semestre, porque né?!

Lançamento nacional mais aguardado: Why We Broke Up que vai ser lançando pela Cia das Letras (não foi anunciado a data de lançamento, então provavelmente nem vai ser em 2012, mas não custa nada torcer, né?), The Future of Us pela Galera Record, Blood Red Road e Delirium da Intrínseca e A Resposta da Editora Bertrand. E só. Acho.

Lançamento de livro brasileiro mais aguardado: Fazendo Meu Filme 4 e Garota Replay.


Continuação de saga mais aguardada: ..... CITY OF LOST SOULS (óbvio).  Enshadowed (Nevermore #2) e Clockwork Princess (ID #3).

Final de saga mais aguardado: Spell Bound e Clockwork Princess!!!!!

Próximas compras: Estava fazendo a lista disso ontem — The Iron Knight, Saving June, Awkward, Catching Jordan, Babe in Boyland e The Statistical Probability of Love at First Sight! *-*





20 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...