Resenha: O Circo da Noite

Resenha:
Se Le Cirque des Rêves fosse real, eu provavelmente seria uma das rêveur, pessoas que se vestem todas de pretos apenas com um detalhe vermelho e seguem o circo porque são fascinadas por ele e não conseguem satisfazer seu fascínio com apenas uma visita.

Eu não gosto de circos, nunca gostei, mas por esse eu abro uma exceção: um circo em preto e branco que chega sem aviso, que cheira a caramelo e a fumaça da peculiar fogueira que nunca se apaga, com inúmeras tendas que escondem as mais diversas apresentações. Entre em uma tenda e descubra o Jardim de Gelo, enquanto na outra tem A Árvore dos Desejos e numa outra, O Poço de Lágrimas. Muitas dessas tendas são provas de amor, um amor proibido, em um circo que funciona com magias desconhecidas e é arena de um jogo que durará décadas.

Celia perde a mãe muito nova e é deixada com seu pai como se não passasse de uma mera entrega. O pai é o famoso Próspero, o Mágico, e vê em sua pequena garota um grande potencial: ela é capaz de quebrar objetos e consertá-los, uma futura ilusionista que faz mágica de verdade. E é por causa desse talento natural que seu pai e um homem de terno cinza fazem um trato e iniciam mais um jogo em que Celia será uma das competidoras. Com apenas seis anos, ela recebe um anel que desaparece em sua pele e deixa uma cicatriz e esperará anos até que inicie o jogo.

Enquanto isso, um garotinho conhecido como Marco é tirado do orfanato e passa sua infância e adolescência em um quarto, estudando e lendo o máximo que pode. Quando finalmente muda-se para Londres, começa a trabalhar para Chandresh Christophe Lefèvre, um produtor teatral com uma ideia revolucionante: um circo todo preto em branco, e nada parecido com um tradicional. Marco participa ativamente das preparações, inclusive dos testes dos artistas para o circo e fica impressionado, assim como todos os outros organizadores, com a jovem capaz de mudar seu vestido de cor em segundos e transformar peças de roupas em grandes pássaros.

Eu realmente não quero falar muito sobre a história, porque um pouco do fascínio do livro vem do fato de que você não sabe praticamente nada ao começar a leitura. Como é esse jogo? Quem é o oponente de Celia? Já vi alguns comentários que O Circo da Noite soava como Jogos Vorazes. SÓ esqueça isso agora mesmo. Não tem nada parecido. O duelo que Celia participa é algo bem mais sutil e misterioso, que funciona de maneiras que ela mesma não sabe quais são e que afetará outros além dela e seu oponente. E não tem como terminar ou abandonar o jogo antes da hora.

O único porém do livro é seu ritmo — não é uma leitura rápida, por uma série de motivos: é narrado em terceira pessoa, segue vários personagens que se envolveram no circo de alguma forma, bem como se passa em dois períodos diferentes, mas eu ainda o recomendo. O Circo da Noite é uma história fantástica, com um enredo estonteante, com personagens complexos e bem desenvolvidos, como por exemplo aqueles que a princípio não pareciam importante, mas se tornam cruciais para a história. E as descrições!!! Elas foram tão bem feitas que pareciam reais, daquele tipo que marca na sua memória. (Aconteceu isso muitas, muitas vezes com esse livro.)

Eu tenho a impressão que não fiz justiça ao livro nem mesmo a diversos personagens que não citei, por não querer contar nada além do necessário. Le Cirque des Rêves — ou o circo da noite, como passou a ser conhecido — foi um dos cenários mais incríveis que já li: foi palco de amores perdidos e outros proibidos, de vida e esperança, de magias e mistério. Por mais que a intenção fosse apenas visitar, vai ficar marcado na sua memória por um bom tempo. "Quer dizer que não é tão mau ficar preso em algum lugar? Dependendo de onde se está preso?" "Acho que depende de quanto você gosta do lugar que está presa." "E de quanto você gosta de quem estiver preso com você."

5/5

Skoob: adicione.
Compre: {Saraiva}

19 comentários:

  1. Entendo como você se sente, Giu! Eu amo esse livro e não consigo colocá-lo em palavras. MARAVILHOSO DEMAIS.

    ResponderExcluir
  2. Não estou gostando... To achando bemmm chatooooo! rsrs.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  3. Poxa! Esse é um dos livros mais comentados na blogsfera, e as opiniões estão bem divididas, eu, por exemplo não gosto de livros lentos e MEGA descritivos, mas há alguns, bem poucos, que mesmo lentos feito lesma, conseguem prender minha atenção.

    E sobre circo, EU AMO (ou amava quando criança), eu ia muito em circos quando era pequena, achava muito legal quando um circo chegava na cidade e *suspira* adorava as apresentações...

    btw... Vc não gosta de circo?

    AMEI sua resenha Giu.

    beijo beijo

    ResponderExcluir
  4. Tantas pessoas falando sobre esse livro, estou curiosa. Também não sou muito fã de circo, mas parece ser uma história fascinante!

    Andresa Vidal
    www.inbookshelf.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Giu!
    Gostei muito da resenha, ela só me deu mais vontade ainda de comprar o livro! Preciso dele urgentemente!
    Eu sei pouco sobre a estória, só o que você falou mesmo, e pretendo continuar sem saber muita coisa até começar a ler. Quero ser surpreendida!
    A capa é linda, a estória parece ser linda, ele é todo lindo! Tou louca por ele! HAHAAHAHA

    Beijos, Carol.
    www.perdidanaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi ..

    Eu comprei recentemente esse livro e estou ansioso para poder lê-lo. A premissa do mesmo é interessantíssima, mas, o "ritmo lento" presente na leitura que eu estou vendo todo mundo falar me assusta. Não curto muito livros assim =/

    Enfim, sua resenha está ótima!

    João Victor – Amigo do Livro
    • Administrador/Dono
    http://www.amigodolivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olha, Giu... Se eu tinha aalguma dúvida de que "O circo da noite" seria minha próxima leitura, não tenho amsi nenhuma! Sua resenha foi ótima e eu realmente espero gostar do livro como você gostou *_*

    Beijos;*

    ResponderExcluir
  8. Olá, futura colega de profissão 8D Sou leitora assídua e estudante de Direito também hehe, estou no 7° período :) É legal ver blogueiras que fazem a mesma faculdade que eu, já que infelizmente isso não é tão comum.
    Sobre sua resenha, só me deixou mais curiosa de ler o livro! Já tinha lido sobre ele no blog da Evellyn e a sua só aumentou minha vontade haha! Parece ótimo mesmo, e é bom saber que é um YA mais complexo, isso diferencia ele um pouco dos outros. E também nunca vi graça em circo, mas se você que também não vê adorou o livro, imagino que eu vá gostar muito também :]

    Bisous!

    ResponderExcluir
  9. Já estou com o livro aqui e ansioso para ler, o único problema é que as pessoas andam salientando sobre a lentidão do livro e isso me preocupa DE MAIS, porque já sou lento lendo o livro e imagina esse? Mas quem sabe né? hehehe

    Beijos
    WIll
    Vício de Cultura

    ResponderExcluir
  10. Olá, Giu!!
    Como o povo adora fazer comparações nonsense entre livros, pelo amor de God! kkkk
    Adorei a sinceridade na sua resenha e até já tinha falado em outros blogs que resenharam que eu pretendo dar uma chance para o livro mais pra frente, quando tiver mais tempo disponível. Até porque a leitura dele exige mais paciência por causa da narrativa rs.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  11. É a primeira resenha do livro que vi e fiquei super curiosa! Só essa coisa de um circo todo preto que chega sem avisar, já chama a tenção. Espero poder ler!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Estou lendo! E estou adorando. É bem complexo mesmo e a leitura é lenta, são muitas informações. Mas mesmo assim está sendo fantástico!
    Só li algumas coisinhas da sua resenha Rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Yay!
    nota máxima! Esse livro é mesmo tudo de bom... diria que é marcante e talvez um dos melhores que li este ano! *adoro qnd o livro fica mesmo depois de termos terminado a leitura*
    E sim, o pessoal anda reclamando da sinopse, que talvez ela não seja exata sobre o rumo do livro, mas eu a achei ideal para criar o clima pré-leitura e o livro é bem misterioso mesmo e é otimo ir descobrindo tudo aos poucos!
    E nossa, nada a ver com JV... é um duelo sem batalha! rs
    E esse seu quote final é praticamente do meio do livro, mas ele tem TANTo a ver com o final não é?!

    bjs
    Evellyn!

    ResponderExcluir
  14. parece ser demais *_* já te falei qua os livros de qual vc gosta quase sempre entram na minha wish list? hahaha

    ResponderExcluir
  15. Estou louca para ler este livro, a Intriseca capricha nos livros publicados.
    Sua resenha ficou ótima, AinMinhaDeusa, to querendo muito este livro.
    Conheci seu blog, por um comentário que você deixou em um blog que eu sigo, amei seu blog, é lindo. Seguindo!
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink

    ResponderExcluir
  16. Confesso que a primeira coisa que me chamou a atenção quando vi esse livro foi o sobrenome do Jace (fangirl level 99!)! Mas tinha implicado um pouco com a capa. Maaaaas depois de ler essa resenha mudei completamente de ideia.
    Quando li "Muitas dessas tendas são provas de amor, um amor proibido, em um circo que funciona com magias desconhecidas e é arena de um jogo que durará décadas." já comecei "OMG! OMG!" traduzindo "QUERO MUITO LER ESSE LIVROOOOOO!"
    Nessa parte " foi palco de amores perdidos e outros proibidos, de vida e esperança, de magias e mistério. Por mais que a intenção fosse apenas visitar, vai ficar marcado na sua memória por um bom tempo. "Quer dizer que não é tão mau ficar preso em algum lugar? Dependendo de onde se está preso?" "Acho que depende de quanto você gosta do lugar que está presa." "E de quanto você gosta de quem estiver preso com você."" eu já tinha tido 2 ataques cardiacos, giu! hahahaha
    Resumindo: MUST READ em abril!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Giu!

    Eu sinto um fascínio por essa capa! Quando botei os olhos nela ela me prendeu, quase me seduziu... a se não fosse tudo o que já tenho pra ler...

    Agora a tua resenha deixou bem claro que ele deve ser lido!

    Resenha tentadora!

    ResponderExcluir
  18. também adorei esse livro!! e também provavelmente seria uma rêveur :)

    ResponderExcluir
  19. Oi Giu,
    Terminei esse livro faz pouco tempo e fiz uma resenha em meu blog, se vc puder ler e comentar ficarei muito feliz :)
    O link do post é: http://omundoquasesecreto.blogspot.com.br/2012/12/resenha-o-circo-da-noite.html

    Beijinhos,
    Le Smynniuk do blog O Mundo Quase Secreto
    http://omundoquasesecreto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...