Capas: Amy & Roger's Epic Detour

Post rapidinho para mostrar essa capa MARAVILHOSA-OMG-EU-QUERO de Amy and Roger's Epic Detour!! Eu já li esse livro (veja minha resenha mais do empolgada aquii!) e uma das coisas que me me chamou atenção antes de ter lido foi a capa, mas oi, essa capa, que será lançada no Reino Unido, é MUITO linda! MUITO MESMO!

E ela tem vários detalhes da história.. urso, hambúrguer, a placa da estrada mais solitária da América, café, música e váários corações! Estou apaixonada!!!

Capa do Reino Unido!

Capa Norte Americana!

Quais vocês mais gostaram? E, falando nisso, qual será que a editora vai lançar aqui no Brasil? Ou será que ela vai modificar? Hmm... :)

19 comentários

Quinta em Outra Língua: Across the Universe

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*



"This ship is built on secrets; it runs on secrets."

Resenha:
Desde que eu vi esse a capa desse livro pelos blogs internacionais, eu fiquei com vontade de lê-lo. E depois eu li a sinopse e fiquei com mais vontade ainda. E então eu o vi pessoalmente e não pensei duas vezes e já comecei a lê-lo.

O começo do livro é empolgante, porque é completamente diferente. Como o livro se passa na espaçonave chamada Godspeed, é óbvio que tudo é diferente. Por isso, os capítulos inciais são muito explicativos, pouca coisa acontece. Mas quanto mais eu lia, mais eu pensava "será que vai ficar assim até o final?", porque *é* legal todas as explicações, especialmente como as pessoas conseguem viver em uma nave que terá que fazer uma viagem de 300 anos até o planeta Centauri-Earth.

E aí alguma coisa acontecia. Como por exemplo, quando a Amy foi acordada 50 anos antes do previsto. Seus pais, ela e váárias outras pessoas foram congeladas e só seriam 'acordadas' quando a nave chegasse a esse novo planeta. Mas alguém acordou Amy antes.

Há um líder na nave, chamado Eldest, e o futuro líder chamado Elder, que está em treinamento. Por alguma razão que o leitor não saberá até o final, Eldest não treina o Elder como ele deveria, ele não quer contar toda a verdade da nave para o Elder. Elder é uma das pessoas que ajudou Amy a acordar, junto com o Doc (doutor), no começo eu achei ele imaturo demais para ser o futuro líder.
Tudo na espaçonave é diferente para Amy, tudo parece artificial, inclusive as pessoas, que aparentam ser alienadas e submissas. Não há um céu de verdade, não há chuvas de verdade, ela se sente claustrofóbica.
"I realize the most important truth about this ship. There is nowhere to run." - Amy

Mesmo assim, o livro continua num ritmo meio lento. Quando alguma coisa acontecia, eu pensava "YES, finalmente as coisas VÃO começar a acontecer!!!", mas aí voltava ao ritmo de antes. Eu sei que por ser um livro ambientado em um lugar completamente diferente - espaço!! espaçonave! - a autora teria que dar explicações, mas eu confesso que algumas vezes eu achava um pouquinho cansativo..

MAS, SURPRESA, SURPRESA! As últimas cem páginas do livro são completamente chocantes!! Eu já achava que teria o ritmo mais lento até o final, mas um mooonte de coisas acontecem! Vários segredos são descobertos, VÁRIOS! Eu fiquei as últimas 100 páginas repetindo: "OH NÃO", "não acreeedito", "SÉRIOO?" e por aí vai haha - porque tudo começa a fazer sentido. O que faz as pessoas serem alienadas e indiferentes à realidade, porque e O QUE o Eldest escondia do Elder, quem estava descongelando os humanos.. enfim, tudo, tudo! Mas como o Eldest mesmo disse: "This ship is built on secrets; it runs on secrets.", o final do livro deixa algumas segredos escondidos e eu não vejo A HORA DE PODER LER A SEQUÊNCIA!

"Across the Universe" tem várias informações, explicações, mas tudo isso é recompensado pelo final! REALLY! Não é focado muito no romance, mas SIM, tem romance, só não é o foco principal - eu acho que o romance vai ser desenvolvido durante os outros livros!! No começo eu considerei o Elder fraco e imaturo, mas é visível como ele amadurece e percebe a importância de ser o futuro líder; Amy desde o começo é uma personagem forte, que não aceita as meias verdades que contam a ela, que nunca deixou de tentar descobrir quem era o assassino. É uma história que vai conquistar por ser única, diferente e bem construída! Leitura super recomendada!

4.5/5
Skoob: adicione.
Nível de inglês: médio


Observações:
1) O livro será lançado pela Novo Século aqui no Brasil.
2) Será uma trilogia! :)

16 comentários

Resenha: Last Sacrifice (aka FINAL DE VAMPIRE ACADEMY, OH NÃO!)

{O Quinta em Outra Língua cresceu e terá edições em outros dias da semana! "Em Outra Língua" é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros a princípio apenas às quintas-feiras, mas atualmente em qualquer dia da semana. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

"Since... forever."

Resenha:
Eu não acredito que essa série ACABOU! Quero dizer, desde que eu li o primeiro livro da série, eu esperava em um misto de medo e ansiedade para saber como seria tudo no final - como a Rose, o Dimitri, a Lissa e e todos os outros personagens iriam terminar. E agora que eu li a última página do último livro da minha série favorita, a única coisa que eu consigo pensar é: EU NÃO ACREDITO QUE FOI TÃO PERFEITO.
Essa série me surpreendeu durante todos os livros, alguns livros como o terceiro, quinto e o sexto mais do que os outros, mas nos cinco primeiros livros, eu sempre li a última página pensando "não tem como mais coisas acontecerem" ou "não tem como as coisas piorarem mais", mas a série é uma caixinha de surpresas.
O primeiro e segundo livro têm um ritmo mais lento, mas nem por isso eles são ruins (longe disso!). O terceiro livro leva as coisas para um nível completamente diferente. Quando - finalmente - Rose e Dimitri conseguem arranjar uma solução para ficarem juntos, uma tragédia muda a vida dos dois. Rose perde bruscamente uma das pessoas mais importantes de sua vida, mas ela não desistiu tão fácil. O final do quarto livro trouxe uma nova esperança para um final feliz. Spirit Bound provou que a esperança de Rose era verdadeira, mas que o final feliz não estava ao alcance.
E como se todo esse sofrimento com o Dimitri não fosse o bastante, ela é acusada de um crime que não cometeu e é presa. E é assim que Last Sacrifice começa. Rose sabe que sua vida está por um triz e que terá que fazer tudo que pode para salvar aqueles que ela ama e a si mesma.
Eu não conseguia parar de ler, eu precisava saber quem era o verdadeiro assassino, quem era o irmão ilegítimo de Lissa, como Rose conseguiria provar sua inocência. E deixe-me dizer, WOW, foi surpreendente! Eu tentei adivinhar, mas nada chegou perto da verdade.
Acontece TANTA, mas tanta coisa nesse livro! Mas uma coisa que eu não esperava era que o Dimitri fosse aparecer tanto - SIM, ele mal aparece em Spirit Bound. Oh Deus, só de lembrar de tudo que o Dimitri fez nesse livro..... foi muuuuuito bom!!!! Eu tenho que confessar que eu sou meio que, hmm, apaixonada pelo Dimitri! É impossível não ser (sou fangirl do Dimitri, admito!! Não é à toa que quando ele apareceu pela primeira vez nesse livro, eu chorei!) Ele convive com a culpa pelo que fez com a Rose na Sibéria, mas faz de tudo e mais um pouco para protegê-la e para tentar se redimir. É tão fofo! E HOT. :D
E a Rose, eu nem preciso comentar. Ela já tinha provado nos outros livros de como ela corajosa e destemida, e nesse livro não foi diferente. Quanto a Lissa, OMG, eu achei o final dela muito muito legal!
Eu sei que eu estou enrolando nessa resenha, mas é tão estranho terminar um livro dessa série e não ficar se desesperando para saber se tudo vai terminar bem. Eu nunca esperei tanto o final de uma série, mas é tão triste chegar efetivamente ao final. Mesmo que tenha sido um final mais do que perfeito. É como se alguma coisa estivesse faltando agora - não tem mais "Roza", nada mais de planos loucos da Rose, das lições Zen do Dimitri, das cenas românticas (!!!!) que eu sempre surtava quando eu lia - e surto ainda só de lembrar!
E eu acho que é assim que as pessoas se sentem quando uma de suas histórias favoritas chega ao fim. Como se um dos seus melhores amigos tivesse dito adeus: vai dar uma saudade enorme, mas não foi um adeus qualquer, foi o melhor adeus que você poderia ter. :)


Skoob: adicione.
Nível de inglês: médio





16 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...