Quinta em Outra Língua: The Book of Tomorrow

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

Resenha:
O primeiro livro que eu li da Cecelia Ahern* Thanks for the memories — não me deixou com uma impressão boa. Eu me lembro de ter escrito na resenha, no entanto, que eu não gostei da história, mas que a escrita da Ahern era definitivamente maravilhosa.

E em The Book of Tomorrow, além da escrita, Ahern criou uma história fascinante — teria perdido uma história maravilhosa se não tivesse dado uma segunda chance à autora — ou não tivesse ouvido a Dayse!! Obrigada por ter me incentivado! :)

Tamara Goodwin nasceu em berço de ouro, foi criada rodeada de luxos e muito mimada, estava acostumada a ter tudo que queria — na hora que queria. Mas ela não contava com o suicídio de seu pai. As dívidas não tinham tirado todas suas propriedades, mas também a vida dele.

E é assim que Tamara se vê forçada a mudar para a casa, no campo, de seus tios — Arthur e Rosaleen. Deixa seus amigos para trás, toda uma vida de luxo, a única que ela conheceu, para trás. Sua mãe passa os dias e noites trancada no quarto, de luto e dormindo a maior parte do tempo. Nada que Tamara faz ou diz parece ter algum efeito nela. Arthur, irmão de sua mãe, é um homem de poucas palavras e sua tia é a dona de casa perfeita, mas ela tem uma personalidade, digamos, estranha. Ela paira sobre Tamara, sempre ao seu lado, como se não pudesse deixá-la sozinha, cheia de segredos e não-me-toques.

O dia em que sua vida muda radicalmente é quando ela encontra um livro — que na verdade é um diário. Tamara nunca foi de escrever ou ler, mas vê aquilo como algo para passar o tempo. Quando abre as páginas, vê algo escrito. Mas não é algo qualquer: em sua caligrafia, está escrito um relato do dia seguinte, do amanhã. E é sabendo o que vai acontecer amanhã, que ela consertará o passado e o presente e transformará seu futuro.

Eu li um livro chamado Jellicoe Road que foi diferente de tudo que eu já tinha lido — tudo. Mas The Book of Tomorrow chegou perto, com uma trama parecida que se baseia em segredos do passado, segredos que alteraram a vida de todos que tocou.

Apesar de ser uma leitura mais densa, poucos diálogos, eu me vi grudada nas páginas, querendo saber o que o diário iria contar e o que Tamara iria fazer com essas informações. O misterioso bangalô do outro lado da estrada, o castelo em ruínas e a dúvida sobre o fim que teve seus antigos moradores. Eu não quero falar muito para não estragar a história, esse é o tipo de livro que você deveria começar a ler sabendo o menos possível. Nenhuma palavra foi escrita à toa, foi como se no decorrer do livro Ahern tivesse tecido uma história tão bem feita que o resultado foi um livro com um final me surpreendeu.

Desde o início eu simpatizei com a Tamara, apesar das respostas que ela dava e do seu comportamento explosivo. Ela amadurece a olhos vistos, mas sem deixar de ser ela mesma na essência. Além de ter que lidar com a morte do pai, com a situação de sua mãe, com a mudança radical de sua vida, o diário poderia ser tanto a solução para seus problemas quanto uma maneira de deixar Tamara sem vontade de tentar melhorar sua vida, porque seu futuro já estava escrito mesmo. "Would you prefer to be given a life already lived too, Tamara? That way you can sit back and observe it. Or would you rather live it yourself?"

É uma leitura fantástica!

4/5
Skoob: adicione.
Nível de inglês: médio
Compre: {Cultura — pronta entrega} {Saraiva — pronta entrega} {Book Depository}


Cecelia Ahern é uma das novas autoras da Novo Conceito!

13 comentários:

  1. Ahern ='''')
    Quero muito ler esse livro!
    Ao contrário de você, AMO Thanks for the Memories, então tenho quase certeza que gostarei desse também!

    *_*

    ResponderExcluir
  2. Seu eu continuar vindo aqui eu vou falir. haha Sempre fico com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  3. É incrivel como eu sempre chego aqui quanto tem quinta em outra lingua
    E a lista de desejos vao só aumentando

    Beijos @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Giu!

    Não conhecia a autora, nem nenhum livro dela. Que bom que não desistiu da autora pela visão não tão boa que teve com o primeiro livro dela. Realmente, podemos perder grandes histórias por isso, né? Que bom que não foi o caso e que bom que curtiu a leitura!
    Alguma editora brasileira poderia lançar os livros dessa autora aqui né? Ou eu poderia "começar a tentar" ler em inglês, rsrs.

    Beijocas.
    Amanda
    Lendo&Comentando
    ^_^

    ResponderExcluir
  5. ei Giu,
    nunca li nada da autora e confesso que nem tinha vontade, mas sua resenha me conquistou. Esse livro parece ser muito legal, quero ler. Espero que lancem logo aqui no Brasil. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu preciso ler esse livro urgentemente! Eu já conhecia a Cecilia e quando soube que ela sairá pela Novo Conceito, pirei muito! Sério mesmo. HUAHAU. E depois da sua resenha eu nãoa guentarei até o lançamento não! Ainda bem que na Saraiva sempre tem vários livros dela. Vou comprar quando for lá de novo. :)
    Adorei a resenha! Muito boa! :)
    Beijos ;*

    Ana Carolina
    http://loucospor-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Giu!
    Eu AMO a Cecelia Ahern, ela é maravilhosa! Surtei quando li aqui no blog que ela é uma das autoras da NC *.*
    Amei sua resenha, e fiquei com super vontade de ler o livro (tenho ele hehehehe)!
    Acho a capa linda, mas a sinopse me deixou apaixonada!
    Beijos, Nathi
    @bookswonderland
    Books in Wonderland

    ResponderExcluir
  8. eu acho as capas dos livros da Cecelia tão fofinhas, que só por elas já quero ler todos hehe
    Mas eu adorei a sinopse e a resenha, fiquei com mais vontade de ler o livro *-*
    Bjo

    ResponderExcluir
  9. Nossa, fiquei muito interessada nesse livro, a história é incrível... muito bem pensada! Infelizmente não consigo ler em inglês ainda. :(
    Mas esse livro deve ter em português, né? Vou procurar! Você resenha lindamente bem.
    Beijos,
    www.sabordebaunilha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não é do meu tipo favorito de livro, mas depois de ler sua resenha fiquei morrendo de vontade de lê-lo. A história parece ser bem interessante e original *-*
    Pena que não sou nada boa no inglês :(
    Beeeijos

    Marina Oliveira
    http://distribuindosonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Giu!
    Adorei a temática desse livro! Já li algo parecido em uma fanfic, mas parece muito interessante e essa capa? Quero ficar olhando pra ela o dia todo! haha.
    Quando eu criar coragem pra ler em inglês, este estará na minha lista.
    Resenha maravilhosa como sempre!

    Um beijo, Rebeca Oliveira.
    http://chadascincoequinze.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Giu, esse livro é MUITO perto do meu coração, e eu já te falei o porquê qdo estava te convencendo a ler. Eu simplesmente sou muito apaixonada na Cecelia Ahern (inclusive no Thanks for the Memories, que geralmente é o livro que o pessoal menos gosta =P). Mas o que eu gosto dela é que ela consegue ser boa independete da história. Ela faz o livro ser mais sobre os personagens do que da história em si, e a sua escrita sempre me inspira. Sem contar que ela tem esse sangue irland~es que sempre deixa tudo mais mágico.
    Estou muito feliz que vc gostou! Ia ficar com peso na consciência do contrário :)

    ResponderExcluir
  13. Oi Giu!
    O único livro da Ahern que li foi "PS, eu te amo" e, por sinal, amei!
    Gostei muito da sua resenha e ao que tudo indica, esse livro deve ser tão bom quanto o outro.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...