Livros que quero MUITO ler #1

Heeyy! Post bem rapidinho sobre alguns livros que eu quero MUITO ler!

Across the Universe - Beth Revis

- 11 de Janeiro de 2011

"Um amor fora do tempo. Uma espaçonave cheia de segredos e assasinatos. Amy, de 17 anos, se junta com seus pais como 'cargas congeladas' na espaçonave Godspeed e espera acordar em um novo planeta, 300 anos no futuro. Nunca ela teria imaginado que acordaria 50 anos antes e que seria forçada a viver no novo mundo da espaçonave, que vive sob suas próprias regras. Amy rapidamente percebe que seu despertar não era um mero erro de computador. Alguém - um entre os milhares de habitantes da espaçonave - tentou matá-la. Mas entre sua lista de possíveis assasinos, somente um importa: Elder, o futuro líder da espaçonave e o amor que ela nunca pensaria que poderia acontecer."

+ Levanta a mão quem adorou a sinopse e achou a capa LINDA! \0/


Fixing Delilah - Sarah Ockler (autora de Twenty Boy Summer)

- 15 Dezembro de 2010

"As coisas na vida de Delilah Hannaford tem uma tendência de desmoronar. Ela costumava a ser uma boa aluna, mas ela não consegue mas manter no rumo. O 'namorado' dela não é muito bem um namorado. E sua mãe se refusa a discutir a briga que separou sua família oito anos atrás. Desmoronar, pelo que parece, é tradição da família Hannaford. Durante um verão de novas amizades, inesperado romance e momentos que testam os difíceis laços entre mães e filhas, Delilah tem que escarar o passado de sua família. Pode até mesmo a mais machucada relação ser concertada de novo?"

+ Eu ainda não li Twenty Boy Summer, mas ele é muito conceituado entre as blogueiras internacionas, então Fixing Delilah também está na minha lista! :)


Delirium - Lauren Oliver

- 17 de Fevereiro de 2011

"Antes de os médicos acharem a cura, as pessoas achavam que o amor era uma coisa boa. Eles não entendiam que uma vez que o amor - a 'delira' - explodisse no seu sangue, não tem como escapar dela. As coisas são diferentes agora. Cientistas têm como erradicar o amor, e os governantes obrigam a população a receber a cura quando fizerem 18 anos. Lena Holway sempre esperou pelo dia que seria curada. Uma vida sem amor é uma vida sem dor: segura, medida, previsível e feliz. Mas com 95 dias até seu tratamento, Lena faz o impensável: Ela se apaixona."


+ Estou morrrrendo por esse livro, eu quero tantoo lê-lo! *-*


34 comentários

Quinta em Outra Língua: Sing me to sleep

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

"O amor pode perseguir você para sempre, como uma maravilhosa, dolorosa música." (tradução literal da frase da capa)

Resenha:
Ok.. eu não sei direito como começar essa resenha.. provavelmente não ficar a aultura desse livro, então, antes que vc se decepcione com a minha resenha, o livro é MUITO muito e muito lindo! OMG!

Beth é chamada de The Beast (A Fera) por todas as pessoas de sua escola - menos pelo seu melhor e único amigo Soctt - sua aultura, seu rosto, suas cicatrizes, os óculos grossos, tudo isso faz com que Beth se sinta uma Beast mesmo.. a única coisa que a ela ache remotamente bom nela é a música, a voz dela. "Pelo menos eu posso cantar. Se você fechar seus olhos, é bonito."

Eu me sentia tão mal por ela, pela baixa auto-estima que ela tinha e pelo tão pouco que ela se valorizava. No entanto, Beth ganha o solo no seu coral, o Bliss Youth, e elas são classificadas para as Olímpiadas dos Corais, na Suiça! Para poder cantar para o mundo, Beth recebe um make-over completo, nada mais de se sentir feia!

Na Suiça, elas competem com os famosos meninos do coral Amabile, e conhece Derek - o misterioso, talentoso e bonito Derek - que, contra todas as chances, Derek se aproxima de Beth e o sentimento entre eles cresce. Aos olhos de Derek, Beth é The Beauty (A Bela), ninguém nunca se sentiu assim em relação a ela, ninguém nunca tratou ela como Deerek tratava. Ok, eu tenho que confessar que eu eu não gostei do Derek no começo, ele é muito misterioso, e eu realmente achei que ele não gostava da Beth como ele dizia - mas, oh boy, eu não poderia estar mais errada.. ele tem muitos segredos, e é isso que o leva a estar sempre colocando um espaço entre os dois, por mais que ele precise dela.

Quando Beth volta para sua casa, os encontros entre ela e Derek ficam cada mais vez raros - e fica gritante o fato de que ele esconde algo dela. E Scott.. ohh, eu gostei tanto dele! Eu gostei mais dele do que o Derek, de verdade! Scott, aquele que sempre ficou com a Beth, mesmo quando ela ainda era the Beast - o ponto é, ela tinha que escolher entre os dois, e, mesmo sabendo que iria magoar Scott, Beth não conseguia ficar longe de Derek - mesmo que Beth saiba que ele está mentindo e escondendo um monte de coisa..

Até que chega um ponto que Beth quer saber a verdade de qualquer jeito sobre Derek, e quando ela descobre o que é...

O final do livro é em uma expressão: de quebrar o coração. OHMYGOD, é tão triste! No final, não tem como não simpatizar, torcer pelo Derek, é tudo tão triste.. e a Beth, que eu achava que já era forte por tudo que ela passou na epóca que ela era feia, aguentou tanta coisa.. Eu chorei bem no penúltimo capítulo, por uma coisa que o Scott disse, ai meu deus, é de quebrar o coração um milhão de vezes (eu realmente gostei mais do Scottie). Sing me to sleep é um livro bonito, MUITO bonito (teve duas vezes que a Beth cantou, que, WOW, parecia que tinha alguém realmente cantando, é como se a música saísse do livro) - é emocionante, triste e ao mesmo tempo mostra como o amor é uma das coisas mais bonitas, uma das poucas coisas que pode te salvar.

"Sing if for me, Beth. Sing me to sleep." Derek
("Cante isso para mim, Beth. Cante para eu dormir." Derek)

4/5

Skoob: adicione.
Nível de inglês: médio

Booktrailer:

23 comentários

Resenha: Lua Azul

Segundo livro da série Os Imortais, da Alyson Noël.
- Cadastre no Skoob.
- Compre: {Saraiva - R$ 28, 40}

Lua Azul, lançado pela Intrínseca, está entre os dez mais vendidos na lista da revista Veja! ;)

Resenha:
Ever e Damen finalmente estão juntos após séculos de tentativas, sem Drina para impedi-los, e com toda a eternidade pela frente já que Ever agora é imortal. Com seu amor eterno como “professor” para lhe ensinar dominar seus dons entre muitos beijos, tudo parece perfeito. Até a chegada de um novo aluno no colégio, Ramon, um garoto extremamente amigável e sedutor e que todos parecem amar, com exceção de Ever, que ao contrário de todos, o detesta. Enquanto tenta se convencer de que esta raiva e desconfiança se tratam de ciúmes pela amizade de Ramon com Damen, ela percebe que seu amado parece cada vez mais doente e aos poucos está perdendo seus poderes.
Após um fim de semana inteiro desaparecido, Damen aparece na escola como se nada tivesse acontecido, porém algo aconteceu: ele retorna como um Damen “cruel, ambicioso e extremamente vaidoso” como a própria Ever reconhece, e ele agora a ignora e repudia totalmente enquanto paquera Stacia.
Desesperada, Ever tenta desvendar o que está acontecendo quando descobre que em breve surgirá a “Lua Azul” – algo que ocorre a cada três ou cinco anos. Com o surgimento deste peculiar acontecimento lunar, ela terá a oportunidade de voltar no tempo e consertar o erro que acredita ter cometido, e assim modificar aquele trágico acidente no qual perdeu sua família. Mas se escolher por este caminho não poderá salvar Damen que está cada vez mais perto da morte.
Ever me parece neste livro mais sozinha do que no primeiro, agora que Riley se foi e já que não possui amigos que possa confidenciar seus segredos e pedir ajuda – sendo assim, ela acaba recorrendo todo o tempo a Ava -, não sabe em quem pode confiar, e seu amado Damen está doente. Não gosto da forma como Ever justifica o comportamento de seus amigos, especialmente de Haven. Fiquei surpresa com algumas das escolhas de Ever - acredito que tomaria a mesma decisão - porém em alguns momentos acho que ela tomou decisões precipitadas que levou ao final triste, porém não trágico.
Muitas explicações e esclarecimentos importantes aparecem na história: como a vida de Damen ainda mortal e o surgimento dos imortais.
Este livro está bem mais interessante, com uma trama instigante e uma narrativa mais ágil, finalizando de uma forma que me deixou com vontade de ler o próximo livro.
Fico feliz de ter enfrentado o quase sofrimento que foi terminar o primeiro livro e ter decidido dar uma segunda chance a série lendo sua continuação que, apesar de ainda estar longe de entrar para minha lista de favoritos, foi uma surpresa muito boa para mim.

**Essa resenha foi feita pela Daniela Tiemi, convidada à fazer essa resenha! :)


14 comentários

Resultado: Promoção Sussurro

Só um agradecimento rapidiinho:
MUITO obrigado pelas 273 participações!! De verdade! Para a primeira promoção do blog, wow, foram muitas participações! :)

E quem levou o livro foi.....



DANDRA VIEIRA! :)

Eu queria muito poder dar o Sussuro para todos(as) que participaram, mas não fiquem tristes! :/

Dandra, manda o seu endereço completo para o meu email (giu.fernandes@hotmail.com)!


6 comentários

Quinta em Outra Língua: Endless Summer

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*

Essa edição contém dois livros: The Boy Next Door e a continuação, Endless Summer.

Resenha:
O primeiro livro começa com Lori, ainda com quinze anos, tentanto mostrar para os seus vizinhos que ela não era mais a menininha que eles consideravam - ela queria mostrar à eles que ela não era uma tomboy (uma menina que gosta de fazer/brincar com coisas de meninos). Afinal de contas, ela havia crescido com os irmãos Cameron, Sean e Adam, já que o irmão de Lori era melhor amigo de Cameron. No entanto, Lori tem um objetivo, conquistar o irmão do meio, Sean - a sua paixão desde pequena.

O problema é que Sean é um pouco mais velho que Lori, e sente atração por ela - então Lori bola um plano (oh, famosos planos de Lori): fingir que namora Adam, o irmão mais novo da família Vader, e que é seu melhor amigo e tem a mesma idade, para causar ciúmes em Sean. O plano de Lori não funciona muito bem, porque ela descobre que além de não estar chamando atenção de Sean, Adam também tem um plano próprimo por trás...

Eu não posso falar muito mais do que isso, e nem posso falar do segundo livro, porque é spoiler pro primeiro, a única coisa é que os planos de Lori (tanto no primeiro, quanto no segundo livro), não funcionam! Isso me deixou com um pouco de raiva, por que ela cometou o mesmo erro várias vezes? Enfim, os dois livros são MUITO bons!!

Adam, aos olhos de Lori, era ainda aquele menino, e demora um pouquinho para ela perceber que ele é tão (oh, tão mesmo) bonito quanto Sean, e com uma personalidade muito amável (ele é tão fofo!!) - apesar que ele é tão teimoso quanto a Lori. Acho que por eles ainda serem muito novos, a falta de maturidade fez com que eles brigassem tantas vezes. Mas, no segundo livro, dá para perceber claramente o amadurecimento dos dois.

Eu amei a escrita e a narrativa da Jennifer, era como se eu conseguisse sentir o calor do verão, de tão real que parecia! Tem umas cenas engraçadas, mas tem também aquelas cenas que você segura até mais forte no livro de TANTA curiosidade (e agonia, por que, oh por que eles demoraram tanto para se entenderem?) hahaha! E tem também umas cenas woo-hoo, hahaha, bem verão... HA, não posso falar mais do que isso! xD

O livro é muitoo bom, tem triangulo amoroso (eu diria vários triangulos amorosos.. ), e bastante confusão! Mas, o melhor de tudo, foi o romance! OWN! *-* Muito fofo!!! Eu adorei esses dois livros, e com certeza indico! :)

5/5

Skoob: adicione.
Nível de inglês: fácil
Compre: {Cultura}

{Foto para quem tivesse curiosidade de saber o tamanho do livro — é enorme!}


15 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...