Selinho + Meme

Hi people! Nada de resenhas hooje hihihi, vou colocar o meme que eu ganhei da Iris, do blog 365 livros por ano! 'As 13 músicas que marcaram a minha vida'. Foi meio difícil escolher sóó treze, mas.. :)

1. Congratulations - Blue October (música e letra)
2. Hate Me - Blue October (música e letra)
3. Broken - Lifehouse (música e letra)
4. Time is running out - Muse (música e letra)
5. My Never - Blue October (música e letra)
6. Hotel California - Eagles (música e letra)
7. Far Away - Nickelback (música e letra)
8. Sing for Absolution - Muse (música e letra)
9. Bed of roses - Bon Jovi (música e letra)
10. Something - versão do Elvis Presley (música e letra)
11. An american trilogy - Elvis Presley (música e letra)
12. My way - versão Elvis Presley (música e letra)
13. X Amount of Words - Blue October (foi dessa música que eu tirei o título do blooog! - música e letra)

Selinho que eu ganhei da Fer, do blog Coisas Minhas. Obrigadaa :D

Regras:
1. Postar o selinho no seu blog e dizer quem indicou.
2. Responder à pergunta: Por que seu blog merece flores?
Ahnn.. hahahha, não sei! Acho que é porque eu gosto muito do meu blog, e sempre me esforço ao máximo pra colocar resenhas beem legais, para que várias pessoas gostem de ler o que eu escrevo. E também porque eu gostoo muito de ler, e quero que por meio desse blog mais pessoas conhecem os livros que são tão especiais para mim! ;)
3. Indicar 5 blogs para receber o selinho e avisar a eles.
Todos os livros do mundo / Traças & Cia / Compartilhando Leituras/ Mundo de Tinta/ The Small Island


PS: Eu terminei de ler o último lançamento da Marian Keyes, chamado The Brightest Star in the Sky, e eu queria perguntar se vocês gostariam de uma resenha desse livro. Eu decidi perguntar antes porque ele é em ingles, mas é um belíssimo livro, um dos mais bonitos da Marian, imperdível! Então, me digam que que vocês acham ^^

PPS: Vocês viram o visual novo? hihihi :D
17 comentários

Rainha da Fofoca + Amor sem escalas

"Lizzie Nichols não tem a mínima idéia do que vai fazer da vida e está detonando o dinheiro da formatura em uma viagem para visitar o namorado que conheceu há apenas três meses, mas isso não é nada. O problema é que Lizzie não consegue guardar nenhum segredo, o que a coloca em situações delicadas, como ficar presa em Londres sem um teto ou dinheiro. Felizmente uma amiga está por perto para ajudar, mas ela estraga tudo outra vez. Lizzie está no limite e precisará provar que pode usar sua boca grande para algo de bom."

Mais um livro suuper divertido, engraçado e fofo da Meg!! :)

Lizzie vai para Londres encontrar o 'amor da sua vida', Andrew, mas decobre que ele não é nenhum príncipe encantado, já que eles se conhecem muito pouco e que ter ido encontrá-lo foi um erro.. então é por isso que Lizzie decide ir a França, onde sua amiga Shari está hospedada - em um castelo!! - com seu namorado, Chaz, que é amigo de infância do dono, Luke!!! (omg! Luke Lindo!) Mas, sem saber, Lizzie conta todos seus segredos para Jean-Luc, o homem que sentou ao seu lado durante a viagem e que também foi um ombro amigo quando Lizzie não conseguia parar de chorar.. mas quem será Jean-Luc?? :X
Cheio de cenas super engraçadass - já que Lizzie não consegue ficar de boca fechada! - 'A rainha da fofoca' é um ótimooo livroo, e por ser um livro adulto, temm mais romance!! hehuehuehe :D
Adoreii a Lizzie, achei o Andrew um chato e ameiii o Luke!! Recomendo!! :)

5/5 - enjoy! :D


Filme - Amor sem Escalas (novo filme de George Clooney - ganhador do Globo de Ouro de Melhor Roteiro)

Pago para viajar pelos Estados Unidos despedindo funcionários de empresas em crise, Ryan Bingham (George Clooney) sempre se contentou com um estilo de vida desapegado, passado em meio a aeroportos, hotéis e carros alugados. Ele consegue carregar tudo o que precisa em uma mala de mão, é membro de elite de todos os programas de fidelidade existentes e está próximo de atingir 10 milhões de milhas voadas.
Mas quando o chefe de Ryan, inspirado por uma eficiente e novata funcionária, ameaça mantê-lo permanentemente na sede da empresa, ele se vê entre a perspectiva – ao mesmo tempo aterrorizante e agradável – de ficar em terra firme, contemplando o que realmente pode significar ter um lar.

Adoreiiii esse filme! Estreio sexta passada (22 de janeiro), tava super ansiosa para ver e não me decepcionei!! tive que sair do cinema antes do final, mas tudo bem ¬¬ É um filme muito engraçado e fofo - e acredito que o final também é ótimo! heuheuheueh
Ps: TEM UM LIVRO :) vejam aqui!!!

Fonte: CinePop

11 comentários

A hospedeira

Oii! Dei uma sumidinha básica porque nessa semana eu só li um livro - e foi em inglês - então eu não sabia se eu postava sobre ele ou não.. então eu pensei nos meus livros favoritos do Skoob, e nem todos eu já fiz resenha, um deles sendo A hospedeira, da Stephenie Meyer!!!

"É um livro de ficção científica que não parece ficção científica - é sobre um triângulo amoroso com apenas dois corpos. O que mais gostei nesse livro foi de explorar o amor de ângulos tão diferentes. O amor pela comunidade, pelo próprio ´eu´, pela família - o amor romântico e o amor platônico." - Stephenie Meyer

"Melanie Stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.
Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.
Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam."

Eu li em inglês, porque não tinha saido em português ainda, mas eu não tinha visto esse nome, hahahaha, Peregrina??? Fico meio estranho... mas mesmo o nome sendo diferente - em inglês é Wanderer, que seria como uma nômade - relevem o nome - o livro é maravilhoso!

Para quem não entendeu direito - eu demorei pra entender também, nos primeiros capítulos eu me senti uma idiota por tentar ler o livro, nada fazia muito sentido, mas depois de 4 cap. tudo se encaixa!!! - as almas são colocadas dentro do ser humano, ela passa a controlar tudo, enquanto o ser humano que era do corpo é apagado, assim como todas as suas memórias, vontade. Há exceções, como é o caso da humana Melanie. A mente dela não foi apagada, pois ela sabia o que aconteceria e luta constantemente para permanecer ativa, apesar de não poder controlar o corpo, suas memórias, lembranças e também o que pensa no presente é 'ouvido' por Peregrina.

É meio díficil de explicar esse livro, porque quem narra é Peregrina, então ela ouve os pensamentos de Melanie em sua própria cabeça. Enfim, o ponto é que Mel mostra lembraças de um homem que Peregrina nunca viu, mas que aos poucos vai se apaixonando por ele, por meio de memórias. Até o momento em que ela é convencida por Mel a ir atrás dos humanos que estão escondidos, que ainda resistem, um deles sendo Jared, o homen das lembranças.

O livro é muito, muito bonito, é completamente diferente de Crepúsculo, tem ficção científica, mas o maior enfoque é o romance (!!!), considerado um triângulo amoroso em dois corpos (Mel e Peregrina com Jared) mas eu diria que é meio um quadrado com três corpos - no desenrolar do livro, Ian, outro humano se torna cada vez mais importante e fará parte desse romance também!! :)

Mel e Peregrina no começo se odiavam, então imagina a situação dentro da cabeça delas hueheuhe, mas com o passar do livro, elas ficam cada vez mais unidas, já que as duas amam e querem a mesma coisa, como o bem estar dos humanos escondidos e o Jared.. Peregrina, apesar de ser uma alma, tem emoções cada vez mais humanas no desenrolar da história! Eu não esperava que ia gostar tanto desse livro, eu me apaixonei pelos personagens, pela complicada história, pelo romance conturbado, chorei junto com eles, vibrei e torci muitoo - o engraçado desse livro foi que eu torcia pelas personagens, Mel e Peregrina, mesmo as duas amando o mesmo homem! hahahaha!! Recomendoo!!! É inesquecível, intrigante, diferente, romântico, impossível de largar! :)

5/5 - enjoy! :D
16 comentários

Tem alguém ai?

"Anna Walsh é um desastre ambulante. Ferida fisicamente e emocionalmente destruída, ela passa os dias deitada no sofá da casa de seus pais em Dublin com uma ideia fixa na cabeça: voltar para Nova York.
Nova York é onde estão seus melhores amigos, é onde fica o Melhor Emprego do Mundo®, que lhe dá acesso a uma quantidade estonteante de produtos de beleza, mas também, e acima de tudo, é a cidade que representa Aidan, seu marido.
Sua volta para Manhattan se torna complicada não só por conta de suas cicatrizes físicas e emocionais, mas também porque Aidan parece ter desaparecido.
Será que é hora de Anna tocar sua vida pra frente? Será que ela vai conseguir (tocar a gente sabe que sim; o negócio é pra frente)?
Uma série de desencontros, uma revelação estarrecedora, dois recém-nascidos e um casamento muito esquisito talvez ajudem Anna a encontrar algumas respostas. E talvez transformem sua vida... para sempre."

O mais recente livro de Marian Keyes lançado no Brasil, conta a história de Anna, a segunda filha mais nova da família Walsh. A resenha não fala muito da história em si, porque primeiro demora um tempinho para nós descubrirmos o que aconteceu com Anna, a única coisa que sabemos é que ela sente muita muita falta do seu marido Aidan, e aparentemente ele desapareceu, não retorna suas ligações e nem responde seus emails. Anna acaba retornando para NY (depois de uma temporada que passou na casa de sua família na Irlanda se recuperando de um acidente) para tentar achar seu amor.

Como não dá para falar muito sobre a história, vou falar o que achei dela: AMEI! É maravilhoso, a narrativa de Anna é muito muito bonita, eu choreii com ela várias vezes pelo o que aconteceu, o livro - como todos da Marian, na minha opinião - passa o sentimento da personagem para você, e é impossível não ficar triste com Anna, sofrer com ela, e também ir melhorando, como ela, com o passar do livro.

O começo do livro Anna fala de suas irmãs - onde nos reencontramos todas as irmãs!!! - de sua mãe e de seu pai, adoreii! A família Walsh é super divertida, e a parte divertida do livro (não é só tristeza o livro inteiro né) é sempre envolvendo alguém da família, principalmente Helen e a Mamãe Walsh. A amiga de Anna, Jacqui, é super engraçada e fofa, adoreii a personagem. :)

Teve várias vezes que em um capítulo eu tava chorandoo, e no outro eu já tava rindo, porque, momentaneamente, Anna também esquecia dos seus problemas - com as histórias de sua irmã Helen -, e como também teve partes que eu tava chorando e rindo ao mesmo tempo. ( louca feelings heuehue) . O final do livro é liindo e emocionante (lágrimaas again) e me deixou com gostinho de quero (muitoo) mais! hahaha

Enfim, eu queria falar muito mais sobre o livro, mas além de não poder falar muito, eu acho que só ia repetir que ele é inesquecível e que eu amei amei amei, qualquer adjetivo vai parecer pouco perto do que eu senti ao lê-lo! Esse é um livro que vale a pena ler, é um dos meus favoritos ao lado de Férias! Tem comédia e tristeza em uma dose perfeita, o que o torna perfeitoo! Recomendo!

5/5 - enjooy! :D
18 comentários

Resenha: O Noivo da Minha Melhor Amiga


Resenha:
O livro conta a história de Rachel - narrada por ela mesma - que sempre foi aquela menina certinha e tímida, esta prestes a completar trinta anos com nenhum sonho realizado: nada de um marido lindo com filhos. Ao passo que sua melhor amiga Darcy (desde os tempos de escola), está noiva de Dexter, amigo de faculdade de Rachel, e foi ela quem apresentou os dois. Após a festa, Dex e Rach ficam sozinho e voltam a conversar como na epóca em que Darcy ainda não fazia parte do relacionamento deles, e uma coisa leva a outra e.. eles acabam passando a noite juntos!!

O normal seria se sentirem culpados, ou culparem a bebida, mas ambos percebem que não se sentem culpados e que estavam sóbrios o bastante para saberem o que estavam fazendo. Rachel decide deixar esse ocorrido no passado, mas Dex insisti em conversar com ela sobre isso, e Rach percebe que "O Incidente" - como ela mesma chama essa noite - não foi um mero caso e o que ela sente por Dex é muito mais do que amizade!

Mas e sua amiga Darcy? Sua melhor amiga? Dificilmente Darcy merece esse título, e ao longo do livro Rach percebe que Darcy sempre foi competitiva e egoísta, sempre querendo vencer e levar vantagem de Rachel.. e que ela não é nenhuma santa!! Resumindo: não gostei nada da Darcy, ela é tão egoísta e insensível com a Rach, que sempre a apoiou e deixou de fazer coisas para Darcy ficar feliz. Maaaaas, Rach pela primeira vez na vida faz algo que ela quer e porque acha que o que a motiva é o amor verdadeiro por Dex - "os fins justificam os meios". Ela ama o Dex, e a Darcy ama, mais não tanto e não verdadeiramente, entenderam?

Então, eu ameii esse livro! Li em um dia!! Adorei a Rachel, ela é tão meiga e, mesmo que a vida inteira tenha se submetido a Darcy, ela não faz isso em relação a Dex, ela enfrenta as consequências para ficar junto com ele! :) O Dex é um fofoo, ameii ele, sempre tão carinhoso! E quanto a Darcy.. não gostei nenhum um pouco, e nem fiquei com dó dela por ela ser a "traída".

Esse foi o livro de estreia de Emily Giffin, mas ela já tem outros, como a verão dessa história contada por Darcy, mas ainda não em português, chamada Something Blue. Na capa de trás, há varios textos de autoras super famosas que falam sobre o livro: Meg Cabot, Marian Keyes e Lauren Weisberger (autora do "O diabo veste Prada") - mas deixo aqui a frase de Marian:

"Eu simplesmente amei o livro, li em duas tacadas porque não consegui largar. (...) Um livro envolvente, maravilhoso e engrandecedor." Marian Keyes

5/5
13 comentários

Os 13 porquês

"Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento."


É um livro diferente de qualquer outro que eu já tenha lido, primeiro por ser sobre suicídio e segundo, pela menina explicar o porquê de sua decisão - os 13 motivos que tornaram sua vida insuportável demais..
Não é um livro alegre, é claro, mas Hannah, em suas gravações, apesar de estar emocionalmente depressiva, não passava esse tom, pelo menos não o tempo todo. O livro tem a voz de Hannah, por meio das fitas cassete, e Clay, que narra a história "presente". Enquanto ela explica todos os acontecimentos - interligados entre si - que culmiram no desfecho, Clay luta contra a culpa que sente, a raiva das outras pessoas das fitas e principalmente, se sente impotente diante da situação, porque do que adianta ficar sabendo de tudo, só depois que nada mais pode ser feito?

Eu adorei o livro, mesmo não sendo alegre, é maravilhoso, emocionante e tocante! Hannah (que é uma personagem super carismática, apesar de tudo) mostrou que as ações de outras pessoas interferem de várias maneiras em diferentes intensidades e muitas vezes, elas não se dão conta como isso pode ser desastroso. Hannah sofreu muito, aguentou muito e sua vida foi irremedialvemente marcada pelas açõe dos outros - mesmo que muitas vezes essas pessoas não sabiam o quão ruim suas atitudes foram para ela . No começo, eu não achei que os motivos eram o bastante para cometer suícidio, mas, como ela mesma dizia, é uma bola de neve, que só tende a aumentar.


5/5 - enjoy! - Vale a pena! :)
15 comentários

Todas as estrelas do céu


Primeira resenha de 2010, e é por isso que eu escolhi que fosse sobre esse pequeno livro maraviilhoso! Desde que vi a resenha do Lost In Chick-Lit eu fiquei morrendo de vontade de lê-lo, mais eu não ganhei a promoção na comunidade do orkut, maaaas em uma promoção no Twitter relâmpago, eu ganheii! yeeah! hahaha Fiquei suuper feliz :D

A história é a seguinte: Leandro é o filho adoto do casal Marco e Lúcia, que depois tiveram a filha Caroline e Maria Eduarda. Leandro é um pouco mais velho do que Carol e em um momento em que Carol estava sofrendo por causa do fim de seu namoro, Lê (para os íntimos hihihi) a consola, mas os dois percebem que há algo diferente entre eles, apesar de não falarem nada, as dúvidas que tiveram tiram o sono dos dois.. Até o momento em que a família decide fazer uma viagem para Búzios, e ai sim, eles realmente percebem que há algo a mais do que apenas o amor fraternal e se declaram! Tão fofoo!!

É claro que a parte mais difícil estava por vir: como manter um namoro quando vivem na mesma casa como irmãos? O que seus pais acharão disso, e a irmã, os parentes e os amigos? É moralmente certo namorar alguém criado como seu irmão? Para os dois, o certo é amar e serem felizes (e não tá errado né? Por que não namorar quando o sentimento é verdadeiro, só por causa das críticas alheias..?) É claro que o inevitável acontece e os dois percebem que nem todos pensam como eles..

O livro é mágico e cheio de romantismo! O amor dos dois é tão puro e delicado! Cheio de reviravoltas e de encontros nos mais perfeitos lugares, cada lugar se encaixou perfeitamente bem nas cenas, ótimas escolhas do autor! :D Além de tudo isso, o livro é muito muito muito emocionante, que me fez chorar e rir junto dos personagens, e o final é surpreendente! Choreii horrores de tão liindo! O que o livro em ensinou, e isso ficou bem claro, foi que ás vezes muitas pessoas se prendem em detalhes, o que impedem que sejam felizes! Carol e Leandro nunca deixaram de lutar pela felicidade e pelo amor deles, mesmo com todos os obstáculos!

Só mais um detalhe: o livro é repleto de poesia, e não só em versos, mais nas ações dos personagens, o que eu amei! Com cenários perfeitos e a aura de poesia, um romance que vale a pena ler (quem tiver a oportunidade) e vai ficar em minha memória um bom tempo!! Enderson, espero que você tenha sucesso com ele, e do que depender de mim, um exemplar de Todas as estrelas do céu, assim que for publicado, será adquirido! hahaha! :)



Ps: esse é um livro que ainda não foi publicado, se alguém se interessar pela história, fale com o autor (que é super atencioso) Enderson Rafael, ou pelo seu Twitter ou o Twitter do livro ou no Skoob! Fica a dica: ele sempre faz promoções relâmpagos no Twitter do livro!



5/5 - enjooooy!! :D
10 comentários

e para 2010..

Então, como passaram a virada?! A minha foiii muitoo boa :D Espero que vocês tenham umm ótimo ano, repleto de coisas boas! ;)

Pela primeira vez em meus 17 anos vou fazer uma pequena lista para esse ano... huahauha, uma lista de livros que eu tenho que ler, como se fossem parte de um desafio individual, sabe? :D Tem livros que eu leio por vontade própria, por estar morrendo de vontade de lê-los, mais por exemplo, de um autor novo, eu sempre fico adiando e adiando.. então, para isso ter um fim esse ano decide fazer uma listinhaa:

Quero fazer em 2010:
- ler pelo menos um livro da Nora Roberts (oi? éé, eu nunca li nada dela hauhauha, então por que não ler esse ano? :D )
- ler pelo menos um livro do Sidney Sheldon (mesmo caso da Nora Roberts)
- ler pelo menos um livro da Danielle Steel (igual aos outros dois casos)
- ler um livro de banca (yeah, eu também nunca li!)
- ler o primeiro livro da série Millennium - Os homens que não amavam as mulheres
- ler o Beijo das Sombras (série Vampire Academy)
- ler Marcada (série House of Night)
- ler todos os livros da lista da Fuvest para o vestibular (..de novo! hahaha)

séries que faltam terminar: (não vão requer nenhum esforço ahuhauhauah - já adoro!)
- série da Becky Bloom (faltam dois livros) - amo!!
- Hockey Series da Rachel Gibson (faltam dois livros tb) - amo!!

É claro que eu quero ler muuuuitos mais livros do que esses - lista do skoob que diga por si só - mais esses são alguns livros que eu tenho uma mania de adiar a leitura, acho que é por medo que eu não vá gostar hauhauhauha.. anyway, 2010 vai ser o ano de mudar esses hábitos!

Comecei a ler hoje Todas as estrelas do céu, o livro que eu tantooo desejei desde que li a resenha do Lost In Chick-Lit, e diga-se de passagem, eu estou amando!! :D Mesmo com a correria do vestibular (hoje fiz o primeiro dia da prova da Fuvest para a segunda fase, tem mais dois dias - apesar de eu ser apenas um 'treineiro') comecei a ler o livro hooje mesmo e já to no finalziiinho! Depois posto aquii sobre ele ;) Beijos e booom começo de ano!
10 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...