Quinta em Outra Língua: True Love and Other Disasters

{O Quinta em outra língua é um meme criado por este blog para fazer resenhas ou comentar sobre lançamentos de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!}

*


Última resenha do ano! Com certeza esse foi o ano em que mais li livros, hahahaha! E pelo o que eu tenho visto em outros blogs, eu não fui a única, legal né?! Então, para fechar o ano com chave de ouro, True Love and Other Disasters (traduções literal: Amor Verdadeiro e Outros Disastres), de uma das minhas autoras favoritas, Rachel Gibson!!

Não costumo resenhar muitos livros aqui em inglês, por que não é todo mundo que pode ler ou até mesmo comprar (já que é muito dificil achar em lojas, é mais fácil comprar por sites)! Mas esse livro é uma ótima dica! Quem nunca ouviu falar da Rachel Gibson, ela tem dois títulos traduzidos, Sem clima para o amor e Sempre ao seu lado, que eu já resenhei aqui. E o seu site oficial aqui. :D

A história é a de Faith Duffy, uma mulher que se casou com Virgil Duffy, um homem rico demais e velho demais, e quando este morre, Faith herda alguns milhões e seu time de hockey! Problemas no paraíso: ela nem gosta de hockey! Mas, por um erro (ou acerto?) do destino ela decide não vender o time, cujo capitão é Ty Savage, o irreverente e tudo-de-bom Ty! hahaha.. Eles passam a se odiar desde o primeiro momento, já que Ty acha que Faith é somente uma mulher atrás de dinheiro, uma ex-stripper que posou para a Playboy (sim, ela já fez tudo isso, mais no livro descubrimos que ela realmente precisava de dinheiro para sobreviver, então não é justo ela ser julgada como uma pessoa vazia e fútil, né? :D) e Faith julga Ty somente por sua aparência e por seu pavio-curto (ou seja, sem paciência)! hahahah

É claro que, apesar dessa inimizade, a atração entre eles é quase que instantânea e explosiva, e um não consegue parar de pensar no outro, dia e noite! Até o momento em que eles decidem dar uma trégua e cedem a tentação! Faith não é nada fútil e Ty é muito mais do que sua aparência mostra e.. o resto, tem que ler para descubrir!! ;)

Adoreii esse livro, é muito muito engraçado, Rachel realmente escreve cenas de chorar de tanto rir e o romance entre os dois é muito fofo e sexy! Ah, a Jane do See Jane Score aparece em algumas cenas, adooooreii! Eu amo o See Jane Score, que é também um livro que envolve hockey (Jane é uma repórter que viaja com o time - o mesmo de que Faith é dona - mas em epócas diferentes, See Jane Score acontece antes, porém não tem que ler em ordem nem nada). Então, já viram que eu amei esse livro, né? Me diverti horrores, achei a Faith uma menina muito forte (para suportar todas as dificuldades) e ameiii o Ty!

5/5 - 

Skoob: adicione.
Nível de inglês: fácil
12 comentários

Preciso te contar uma coisa


Após uma temporada na Austrália com o nam
orado, que a trocou por uma amiga que foi visita-los, Jenny está de volta à Irlanda. Um pouco abalada com o fim do relacionamento, mas nem tanto - o namoro já estava nas últimas mesmo -, resolveu procurar uma cartomante. Esta foi categórica: antes do fim do ano, e depois de um momento de distração, ela encontraria alguém especial, único, com quem viveria momentos de tormenta, mas nada os separaria. Roan Williams apareceu num dia em que ela desceu desatenta do ônibus e foi assaltada. Era ele, só podia ser ele! A previsão, e a vontade de confirma-la, forma mais fortes que qualquer conselho de amigas, que não cansaram de alertá-la de que Roan estava longe de ser um príncipe encantado. Jenny estava apaixonada, e quem dá ouvidos a conselhos neste estado? Ela acaba caindo do cavalo e se machucando feio. Mas isso tinha sido há quatro anos, e o tempo faz milagres. Jenny voltou a acreditar no amor. Está vivendo feliz com Mike, de quem está noiva, e sua filha Holly. Até que recebe uma notícia desconcertante: Roan é o mais novo funcionário da empresa de Mike. A situação poderia ser mais ou menos administrável se a volta do ex não a obrigasse a contar a Mike um segredo sobre o seu passado que pode mudar radicalmente o seu futuro.
(que sinopse grande hihihi)

Sabe aquele livro que vc não sabe se chora ou se fica feliz?! hahahah, é esse! Bom, na sinopse fala praticamente só de Jenny, mais Karen, sua melhor amiga, tem um papel muito importante na história, pois sua vida é contada paralelamente a de Jenny! As duas personagens são muito carismáticas, tem seus defeitos e suas qualidades, é claro! Acho que é isso que deixou o livro tão bonito, pois ele é conta uma história que poderia acontecer com qualquer pessoa, mas de uma forma tão delicada que me deixou muito emocionada hahahha, sério, eu choreii em várias partes.. principalmente em uma cena! mais é segredo qual, se não vira spoiler, hahahaha :D

Não dá muito para falar da história em si, porque o legal desse livro é o mistério, como eu fiqueiii curiosa para saber o que é que a Jenny tinha para contar hahahaha! Mas o mistério não deixou o livro cansativo e nem deixou a desejar! Tudo bem que teve horas que eu fiquei meio que com raiva da Jenny, por ela ser tão cega em relação a Roan ( que eu não gostei nem um pouco ) e também de Karen, por ela ser meio (muito) teimosa! Mais não tem como julgá-las e nem condená-las, né? Afinal, todo mundo tem um defeito.

Ameiii o Mike e o Shane (namorado da Karen)! Mike é tao compreensivo, carinhoso, engraçado e depois de tudo que aconteceu, não tem como não simpatizar com ele! Agora, depois que eu terminei de ler o livro e depois de ter escrito que eu não gostava nem um pouco do Roan, acabou me ocorrer que talvez ele tenha feito algo para Jenny que ela nunca consegueria fazer, não dá para falar o que é, né, mas acho que Roan ajudou Jenny a amadurecer e a perceber que ela merecia algo melhor, mesmo que tenha sido da pior maneira possível!

Quando eu comecei a ler esse livro, eu fiquei tentando advinha o que ia acontece, o que Jenny tinha escondido, mais falhei feio... hahahaha! É impossível advinha certas coisas, outras você só desconfia, e isso é tão legal! Quando eu comecei a ler, não tinha mínima de idéia de que aconteceria tudo o que aconteceu!

Vale muito a pena ler, é um livro bem diferente daqueles "e viveram felizes para sempre", mostra que nem tudo é perfeito e tal, que todos erram mais que sempre tem uma solução para as coisas pendentes do passado! E deixa com um gostinho de quero mais hahahah ;)

5/5 - enjooy! :D


Ps: Olha que fofa a autora, hhahaha, eu mandei um recado pelo Twitter para ela e ela me respondeu!! :D Faz um tempinho, foi antes de eu ler esse livro! :DD



Sigam ela aqui. E eu tava lendo a resenha de outro livro dela, Please Forgive Me, que deve ser maravilhoso tb! E pelo que as meninas desse site falaram, Melissa sempre escreve algo com uma pitada de mistério, e esse livro deve ser tão bom quanto o Preciso te Contar uma Coisa :D
Um comentário

FELIZ NATAL! :D

Post rapidinho pra desejar a todoos um FELIZ NATAL! :)
e eee eu não vejo a hora de poder abrir meus presentinhos!! Lembra da Christima's Wish-list?!
Entãão.. aqui tem a definitiva:


(clique para aumentar)

Os livros com contorno vermelho foram os que mudaram da lista original ;)
O único livro que eu abri e já li foi o Alguém para amar, da Judith McNaught, que eu já resenhei aqui.
Espero que todos tenham umm ótimo Natal!!! beejos!

6 comentários

A carícia do vento


Boom, eu tava em dúvida entre falar de "O Segredo de Emma Corrigan", da Sophie Kinsella, e falar de um livro que talvez seja um pouco menos conhecido.. pelo menos pelo skoob hahahaha :) Chama "Carícias do Vento", da Janet Dailey. Por ser um livro menos divulgado e tal (e mais velho) eu optei por falar dele, e tem uma vantagem nele: é muito fácil de achá-lo no sebo!! Eu paguei 12 reais pelo meuu!.. :D Essa edição da foto tá 13 reais no Submarino, então, dá pra comprar pelo sebo e pelo site.. o preço é praticamente o mesmo ahuahuah ;)

Então,a sinopse:

"Livro que marcou a estreia de Janet Dailey na lista dos mais vendidos do The New York Times, A carícia do vento consagrou a autora como uma das maiores romancistas do gênero. A protagonista é a jovem milionária Sheila Rogers, bela, impulsiva e mimada que vivia em Austin, no Texas. Sheila contraria as expectativas de seus pais e foge para Juarez, no México, com Brad Townsend, um homem bonito e envolvente, mas que nada mais era senão um caça-dotes. A lua de mel do casal converte-se num verdadeiro inferno quando seu marido é brutalmente assassinado e ela é sequestrada e levada por um bando de pistoleiros para um esconderijo nas montanhas. É ali que Sheila conhece Ráfaga, homem corajoso e idealista, e logo o ódio se transforma numa paixão arrebatadora. " (peguei essa resenha dos Submarino, a do Skoob tava meio fail.. hauhauha)

A sinopse é bastante completa, e tal, Sheila é sequestrada por esse bando de mexicanos e o líder é o Ráfaga, que no começo eu o achei bem distante, frio e até mesmo sem sentimentos!! Mas ao longo do livro ele prova ser o contrário, todo atencioso e carinhoso com a Sheila :D Porém, ele não deixa de ser quem é, e nunca deixa de cumprir as regras, o que é diferente porque no geral para tudo dar certo no final, os personagens sempre acabam passando dos limites, mas Ráfaga não fez isso.

Maaas, esse livro tem algumas partes que algumas pessoas podem não gostar, eu mesmo não gostei quando li pela primeira vez, eu fiquei pensando "COITADA, ninguém vai fazer nada?!", ela é agredida, de duas maneiras diferentes, não vou contar aqui como, pq se não vira spoiler, maas depois eu percebi que era o certo (pelo menos em um caso). Não são cenas que te deixam com nojo, repulsa, nadaaa.. eu só achei estranho, só isso! Ainda mais por Ráfaga permitir, mais é aquilo que eu disse, ele só fez o que era certo para ele.

No começo do livro, Sheila era bem mimada, mas ela vira uma mulher que é capaz de enfrentar a situação e ao mesmo tempo tem que lidar com o humor pouco incerto de Ráfaga (hahaha é serio.. ele muda de humor em um estalar de dedos!) Anyway, Sheila e Ráfaga, contra todas as possibilidades, acabam se apaixonando, e é liiindo! :)

4/5 - enjooy :D


PS: A Nanda, do blog Todos os livros do mundo e a Mariane, do Compartilhando leituras, me deram um selinho foofoo, brigada meninas! Eu já tinha ganhado ele antes, por isso não vou colocar de novo.. hauhauhauha mais obrigada pelo cariiinho :)

PS²: Eu to relendo Crepúsculo, aaaaii como é perfeito esse livro ! amoo *
4 comentários

Filme "Quando em Roma"

Enquanto eu procurava uns trailers no Youtube, achei esse trailer do filme Quando em Roma, que é baseado na Chick-Lit de mesmo nome, da autora Gemma Townley! Eu nunca li o livroo, mas agora eu fiquei morrendo de vontade porque o filme parece ser ótimoo!
Só estreia em 2010, 16 de Abril!! Abril vaai ser um mês esperado, porque é quando o Glee volta! :D hahaha Anyway, eu fui ler a sinopse do livro, e parece que trocaram o nome da mocinha no filme.. e eu não sei se a história é a mesma, porque a sinopse é meio, ahn, confusa, hahahaha.

"Encontrar o ex-namorado é uma das ocasiões mais delicadas na vida de uma mulher. Ainda mais se o bofe estiver mais deslumbrante que o Brad Pitt em noite de Oscar e pilotando um BMW último tipo. Depois de fantasiar centenas de vezes a situação, com um desfecho sempre favorável para si mesma, Georgie Beauchamp não podia imaginar que a data fatídica coincidiria com um dia daqueles: cabelo errado, roupa velha e um trilho de cortina embaixo do braço. Nada adequado para esfregar a própria felicidade na cara do ex, um bon vivant que a largou por outra. Mais magra, alta e milionária."

Agora o trailer :D



Então, a história parece ser meio diferente, né?! Maas o filme devee serr muiiiito engraçado, adoreii a atriz que faz a mocinha, a Kristen Bell, e o Josh Duhamel, lindoo!! :D hahahaha


PS: No Lost In Chick-Lit, foi divulgado um livro chamado Todas as Estrelas do Céu, e a história parece ser ótimaa!! Sabe aqueles livros que te deixa com vontade de que aquilo tb aconteça com vc? ÉÉ! Eu ainda não li, mais to morrendo de vontade :D
O livro vai ser publicado ainda, e tá acontecendo um sorteio na comunidade do livro, para ganhar 5 exemplares!! Participem :DD - vale a pena!

PS²: Promoção também la no Coffie & Movies, do livro Estrela Pier! Aaah, também quero muito ler :D
11 comentários

O garoto da casa ao lado + Selinhos



O primeiro livro da Série Boy, da Meg! :D Eu comecei a ler a série ao contrário, hauhauha, comecei pelo Todo garoto tem e depois Garoto encontra garota, e agora esse! hahahaha! Mas esse é o primeiro, o 2º é Garoto encontra garota, 3º Todo garoto tem.

A história é sobre Mel, que trabalha no NY Journal, e em uma manhã encontra sua vizinha, uma senhora ricaaa de 80 anos, desmaiada em seu apartamento. É possível que essa senhora tenha sido vítima de uma agressão ou de um roubo, ninguém sabe! Como o parente mais próximo é o sobrino, Max Friedlander, um fotógrafo que só se interessa por modelos, Mel tenta entrar em contanto com ele pois alguém precisa tomar conta do cachorro dinamarquês e os dois gatos da Sra. Friedlander, já que Mel não pode chegar atrasada nem mais um minutoo em seu trabalho!!

Porém Max está mais preocupado em aproveitar suas férias com uma supermodelo, e liga para seu melhor amigo , John Trent, herdeiro de uma fortuna enoorme, mais que decidiu trabalhar e ganhar seu próprio dinheiro; John trabalha como jornalista criminoso em um dos maiores jornais do NY Journal!! Ok, hahaha, voltando, Max liga para John para cobrar o favor que este lhe devia, e John é obrigado a se mudar para o apartamento do lado do de Mel, e se fazer passar por Max enquanto cuida dos animais! É claroo que John não esperava que Mel fosse tão bonita, e Mel tinha certeza que Max era o maior galinha, e não fofo como John/Max está sendo com ela! :D confuso.. um pouquinho ahhaha *-*

Eu gosteii do livroo, é bemm engraçado, ahahaha, eu só rii! :D Maas, eu ainda prefiro Todo garoto tem, não sei, acho que eu achei muitoo mais engraçado a briga que eles tinham, o Cal e a Jane! Apesar de que eu prefiro ESSE livro (Garoto da casa ao lado) do que o Garoto encontra Garota, eu reaLmente não gostei muitoo do segundo livro da Série Boy! Então, leiam esse, é muito muito funny mais também leiam Todo garoto tem, é um dos meus favoritos :D

4.5/5 - enjoyy :D


Selinhos?

Ganhei duas vezes o mesmo selinho, da Fernanda e da Ana Carolina :D Thank youu girls!



Regras :

1. Escrever uma lista com oito caractrísticas minhas.

Discreta / Bondosa/ Consumista/ Leitora compulsiva/ Tímida/ Carinhosa/ UmpoucoNervosa/ Happy

2. Convidar oito blogueiros para receber o selinho:

Traças&Cia/ Nossos Romances/ Coffie & Movies/ Da Estante ao Jardim/
Lost In Chick-Lit/ Uma Janela Secreta/ Quem Lê, faz seu Filme/ My Little Word of Book

3. Comentar no blog de quem deu o selo.

4. Comentar no blog que vão receber o selo.
11 comentários

Alguém para amar


Gentee, o que é esse livro?! hhahaah, eu simplesmente ameii! Mas antes de começar a elogiar, gritar e surtar por causa dele, vamoos a sua história hahaha :D

"Elizabeth foi criada longe dos salões londrinos e não sabia que ligações afetivas e financeiras freqüentemente se entrelaçam em sutis arranjos de interesses. Era ingênua demais para suspeitar do comportamento de Ian, um homem atraente e perigosamente hábil nos jogos sociais. Mas dessa união nasce um amor permeado de intrigas, escândalos e irrefreável sensualidade."

Bom, Elizabeth é uma mocinha que é herdeira de uma grande mansão, mais está falida devido as dívidas feito pelo seu pai (já morto) e pelo seu irmão, Robert. E para quitar essa dívida, Elizabeth vai debutar pela primeira vez em Londres, para conseguir um casamento vantajoso, e é la que conhece Ian, um homem com uma fama de libertino e jogador de mão cheia, com um passado misterioso. E depois de um escândalo que arruinou sua reputaação, Elizabeth é obrigada a se recolher em sua casa e viver como pode com o pouco dinheiro que lhe resta e conviver com o desaprecimento repentino de seu irmão.

Dois anos depois, o tio de Elizabeth deseja que ela se case com o mesmo objetivo anterior, conseguir um casamento para quitar as dívidas, e um dos pretendentes é Ian!! Quem diria, Ian, o homem que destruiu sua reputção, (lindooo!, fofo, carinhooso, tuudodebom e muito mais!!), e entre brigas e confusões, eles voltam a conviver e... ahahaha, surprise! :D

O livro tem 700 pág, mais eu literalmente devorei-as, hahaha, o livro é repleto de cenas lindas, brigas entre os dois, tem momentos pra riii, pra fica com raiva, fica ansiosa e principalmente pra se emociona, nem chorei litross, magina hahahaa :DD

Esse foi o primeiro livro da autora, Judtith McNaught, que eu li, mais pretendo lerr outros, como Até você chegar, Agora e sempre, Todo ar que respiras, Em busca do paraíso e o tão cobiçado Whitney, meu amor (que é impossível de achar =/, apesar de ser um dos mais famosos da Judith!). No skoob, é praticamente unânime a opinião de que os livros dela são emocionantes e repletos de cenas inesquecíveis :D

** esquecii de colocar um trechinho lindo:
"- Sou muito bom - murmurou - em amar você." Ian - aaaaah! fofo :D


5/5 - muitoooo recomendado! enjoy :D

Ps: Lost, Happy Birthdayy! Um recadiinho especial a Julianna, que fez do Lost um dos melhores blogs sobre livros, aumentando a minha paixão, e com certeza de váárias outras pessoas, por Chick-Lit :D
13 comentários

Muito mais que uma princesa


Lucia Valenti é filha ilegítima de um príncipe e de uma famosa cortesã, e viveu sua vida inteira em conventos, isolada da sociedade, mais sempre aprontando e comentendo 'pequenas indiscrições', que leveram seu pai à decisão de que ela deveria se casar.
Ian, o famoso diplomata britânico, é chamado para conseguir arranjar um casamento favorável ao príncipe e para manter Lucia afastada de mais escandâlos.

Lucia é aquela personagem que tem vontade própria e deseja fazer o que quiser a hora que quiser (hahaha) e e é bastante temperamental (não que isso seja ruiim, vem até a calhar no livro), e nem Ian é capaz de convecê-la a fazer o que dever ser feito, mesmo com toda sua experiência diplomática e também não consegue ficar imune a beleza de Lucia.

O livro é bem legal (Ian é tuddodebom hahahhaa) mais o livro meio que desanda, fica meio parado no meioo, apear de o final ser mtoo mto bomm :D É uma leitura leve, divertida e fofa, e lembra bastante o livro da Patricia Cabot - MEG! - A rosa do inverno, tem o mesmo estilo, é de epóca e eu preefiro este do que o Muito mais que uma princesa. As cenas são muito mais divertidas, tá sempre acontecendo alguma coisa e o Edward is goood! hhahaha

um trechinho:
"Ele não era nem um pouco ela havia imaginado. Enquanto descia a escada, Lucia pensou em Ian Moore como um sujeitinho melífluo, do tipo que se derretia em charme e dizia frases meladas que não signifcavam nada. Ao ver o diplomara britânico de pé ao lado da estante, porém, ela parou abruptamente. Tinha que admitir que ele era bem bonito para um inglês - e o seu ardente coração italiano não podia deixar de aprovar aquela esplêndida masculinidade."

4/5 enjooy :D


Ps: aaah, eu ganhei uma promoção no blog Da Estante ao Jardim, o livro Pobre não tem sorte! Nemm amei né? hauhauha =)
9 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...